Nova Central de Santa Catarina realiza 9° Encontro Estadual de Mulheres Trabalhadoras 

Data de publicação: 27 Mar 2024


Evento aconteceu nos dias 21 e 22 de março, em Itapema, com apoio da FETRAMESC

A Nova Central Sindical de Trabalhadores de Santa (NCST-SC), com apoio da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Santa Catarina (FETRAMESC), realizou o 9° Encontro Estadual de Mulheres Trabalhadoras. O evento teve como local o auditório da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do Estado de Santa Catarina (FETIESC). Foram dois dias e cinco palestras com temas voltados à participação feminina na sociedade e, em especial, no movimento sindical trabalhista. 

No primeiro dia, de forma online, a secretária da Mulher da Nova Central Sindical nacional, Sônia Maria Zerino, ministrou sobre o tema "Democracia e autonomia econômica da mulher". Sônia explanou sobre a necessidade de a mulher buscar ocupar espaços de liderança e lutar com força por temas como a equiparação salarial.

O segundo momento do dia teve como protagonista a advogada e mestre em ciências jurídicas Marilúcia Ronconi. Com vasta experiência como assessora jurídica no serviço público e na rede privada, ela abordou o tema "Entre assédios, sobrecarga de trabalho e rompimentos: as mulheres e o peso do cotidiano". Ao longo de 60 minutos, ela apresentou relatos de situações que afetam diretamente a mulher e seu dia a dia. Ao mesmo tempo, o quanto ela precisa se desdobrar em inúmeras figuras, indo desde a profissional, mãe, dona de casa e, principalmente, mulher.

 A mulher e o movimento sindical 

A cientista social e historiadora Crystiane Peres, integrante do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), abordou sobre a participação feminina no meio sindical. Com o tema "Negociação coletiva: espaço de atuação e luta das mulheres", ela apresentou dados sobre a história de ocupação dos espaços de poder e liderança,  chamando a mulher para buscar estar nestes locais. 

 Mulheres na política 

O segundo dia do evento abriu com a fala da vereadora e doutora em educação Marlina Oliveira. Ativista das causas raciais e defesa do negro na sociedade, Marlina chamou atenção para a importância de a mulher se fazer presente na política, onde as decisões acontecem. Da mesma forma, apresentou número sobre a quantidade de mulheres eleitas nas últimas eleições, principalmente em sua cidade, Brusque.  Neste município, Marlina e a única mulher entre 15 parlamentares. 

 Comunicação assertiva e gestão de emoções 

A treinadora comportamental Adelita Fernandes encerrou o 9° Encontro Estadual de Mulheres Trabalhadoras da NCST-SC. Ela abordou técnicas de comunicação e como a mulher pode e deve se portar para passar a mensagem que deseja. Em um mundo dominado pelos homens, essas atitudes são indispensáveis para que a mulher assegure, principalmente, respeito.

 Evento de sucesso 

A secretada Mulher da NCST-SC, Adriana Bombassaro Zanella,  comemorou mais uma edição do encontro. Para ela, os temas discutidos nos dois dias mostram a importância de se levar conhecimento para o movimento sindical, em especial para as lideranças femininas.

Já a diretora da FETRAMESC, Adriana Classar Ribas, acredita que eventos como esse servem para disseminar informações sobre temas relacionados à atuação feminina. Ou seja, as mulheres que participaram do 9° Encontro levarão o que aprenderam para que isso chegue a mais e mais mulheres.

Para o presidente da NCST-SC, Izaias Otaviano, o evento deste ano marcou mais uma vez a preocupação da Nova Central Sindical de Trabalhadores de Santa Catarina em capacitar.

"Desde que assumimos, temos como meta trabalhar muito a questão da formação no movimento sindical. E não é diferente com relação à participação da mulher ", destacou ele.

A Secretaria da Mulher da NCST-SC já começa a discutir o próximo evento, com a intenção de fazer algo agora ainda maior.

Fonte: Imprensa NCST-SC

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

Endereço: SAUS Quadra 04 Bloco A Salas 905 a 908 (Ed. Victória) - CEP:70070-938 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000

Back to Top