NCST apoia ações do MPT contra a precarização do trabalho nas plataformas digitais

Data de publicação: 10 Dez 2021


Entidades sindicais são convocados a somar no trabalho de divulgação dos direitos dos trabalhadores de aplicativos





por Leidiane Silveira


O Ministério Público do Trabalho (MPT), preocupado com a precarização das relações de trabalho nas plataformas digitais, convocou as Centrais Sindicais, nesta quinta-feira (9), para conversar sobre a divulgação, mais efetiva no próximo ano, dos direitos trabalhistas da classe. Representaram a Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) no encontro, Eduardo Maia, secretário-geral, e Wilson Pereira, diretor de finanças e presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (Contratuh).

Os dirigentes da Coordenadoria Nacional de Combate às Fraudes nas Relações de Trabalho (CONAFRET), os procuradores Dr. Tadeu Henrique e Drª. Carolina Buarque, alertaram os sindicalistas sobre a proliferação da uberização em todos os meios, que acarreta a perda da consciência de classe. “No início cria-se uma ilusão com aumento dos ganhos, depois o ganho vem com alcance de metas. Cria-se uma nuvem de trabalhadores disponíveis, e está tudo ótimo para o empregador. Ele não tem responsabilidade nenhuma. O trabalhador, por sua vez, fica sem base. É um problema estrutural. E precisamos do apoio do movimento sindical para conscientizar os trabalhadores do atropelo dos direitos trabalhistas”, enfatizou Carolina.

Os representantes da NCST demonstraram total apoio ao trabalho. “Consideramos fundamental a parceria pela convergência de interesses. Levaremos o assunto também para o Fórum das Centrais, disse Eduardo Cunha. Wilson Pereira completou: “O movimento Sindical está passando por um momento muito difícil, mas temos esperança que tudo vai melhorar. A eleição do Prof. Oswaldo, como presidente da NCST, nos trouxe um ânimo novo. E pode contar com o nosso apoio na luta”. 


Cartilha e HQ explicam direitos trabalhistas

 


A CONAFRET/MPT, dentro do Projeto Plataformas Digitais, preparou uma cartilha e uma história em quadrinhos (HQ) para esclarecer os trabalhadores de aplicativos sobre os seus direitos. A NCST vai distribuir o material impresso em 2022, mas você pode acessar a versão digital nos links abaixo:  


https://mpt.mp.br/pgt/publicacoes/cartilhas/o-trabalhador-por-aplicativo-tem-direitos/@@display-file/arquivo_pdf

http://mptemquadrinhos.com.br/download/HQ60.pdf



Segundo pesquisa divulgada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), cerca de 1,4 milhão de pessoas no Brasil trabalham para aplicativos de transporte de passageiros ou mercadorias.



Imprensa NCST
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

Endereço: SAUS Quadra 04 Bloco A Salas 905 a 908 (Ed. Victória) - CEP:70070-938 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000

Back to Top