NCST celebra derrota da MP 1045: ‘uma grande vitória do movimento sindical’

Data de publicação: 2 Set 2021

Presidente da NCST, José Reginaldo Inácio, grava vídeo celebrando grande vitória da classe trabalhadora - Foto: Reprodução


Nesta quarta-feira (01/09), o Senado Federal rejeitou a MP 1045. Apelidada de “MP do trabalho escravo”, o texto da Medida Provisória previa uma “minirreforma trabalhista” que permitia a contratação com retirada de direitos, reduzindo os salários, a jornada e repetindo pontos já rejeitos pelo parlamento na tentativa de emplacar a chamada “Carteira Verde e Amarela” (saiba mais).

                              
Presidente da Nova Central convoca empenho máximo contra a MP 1045


“Diante de uma vitória tão significativa, sobretudo para um período histórico em que direitos sociais e trabalhistas são frequentemente atacados, a derrota da MP 1045 acena para a possibilidade de vitória contra outros projetos precarizantes, com destaque para a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 32/2020), que cria condições para a completa destruição dos serviços públicos brasileiros”, avalia o presidente da Nova Central de Trabalhadores – NCST, José Reginaldo Inácio.


Assista ao vídeo do presidente da NCST:







Imprensa NCST
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top