Inflação em maio foi maior para famílias com renda até 5 salários

Data de publicação: 10 Jun 2021


O INPC, índice que mede a inflação para rendas familiares entre um e cinco salários mínimos, variou 0,96% em maio e 8,9% em 12 meses.

 
Inflação penaliza famílias de menor renda| Fotos: Roberto Parizotti/Fotos Públicas


A inflação em maio foi maior para as famílias com renda até cinco salários mínimos. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (9), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede o comportamento dos preços nessa faixa de renda, subiu 0,96% em maio. É a maior variação para o mês desde 2016.

A alta superou a registrada no mesmo mês para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação em todas as faixas de renda e ficou em 0,83%.

No ano, o INPC acumula alta de 3,33% e, nos últimos doze meses, de 8,90%, acima dos 7,59% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores. Em maio de 2020, a taxa foi de -0,25%.

Os produtos alimentícios subiram 0,53% em maio, ficando acima do resultado de abril (0,49%). Já os não alimentícios tiveram alta de 1,10%, contra 0,35% em abril.

Todas as áreas pesquisadas apresentaram aumento no mês. A maior inflação pelo INPC foi em Salvador (1,25%), dadas as altas nos preços da energia elétrica (10,63%) e para a gasolina (8,43%). A menor alta foi observado em Brasília (0,41%), onde pesaram as quedas nos preços das passagens aéreas (-37,10%) e das frutas (-11,36%).

O INPC, calculado pelo IBGE desde 1979, se refere às famílias com rendimento monetário de um a cinco salários mínimos, sendo o chefe assalariado, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e de Brasília. Para o cálculo do índice do mês, foram comparados os preços coletados de 30 de abril a 27 de maio de 2021 com os vigentes entre 30 de março e 29 de abril de 2021.



Fonte: Portal Vermelho
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top