Centrais sindicais repudiam ameaças à Manuela D’Ávila

Data de publicação: 7 Jun 2021

Manuela com sindicalistas na campanha presidencial de 2018. Foto: Adonis Guerra, Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba.


Em nota divulgada na sexta-feira 04/06, as centrais sindicais CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central, CSB, CGTB, Conlutas, Pública, Intersindical e Intersindical Instrumento de Luta declaram apoio à ex-deputada federal, Manuela D´Ávila, que relatou ter sofrido ameaças de morte e que, além disso, sua filha de cinco anos também foi vítima de ameaça de estupro.

Como já registrado neste site, diversas entidades e personalidades já se pronunciaram em defesa da deputada gaúcha.

As centrais sindicais relacionaram na nota, o caso de Manuela à situação política, marcada pelo ressurgimento da extrema-direita, que o país vive hoje: “Um caso que revela uma cultura de misoginia, ódio, perversidade e violência que infelizmente persiste em segmentos da nossa sociedade e que pavimentou a grave situação política que vivemos no Brasil atualmente” e estenderam o apoio a todas e todos que vivem “situações que constrangem, ameaçam e aterrorizam mulheres e crianças”.


Leia a nota:


Nota das centrais sindicais: solidariedade à Manuela D´Ávila

As Centrais Sindicais CUT, Força Sindical, UGT, CTB, Nova Central, CSB, CGTB, Conlutas, Pública, Intersindical e Intersindical Instrumento de Luta, manifestam apoio e solidariedade à companheira, ex-deputada federal e ativista, Manuela D’Ávila.

Na última quarta-feira, 2/6, Manuela relatou em suas redes sociais que sua filha de apenas cinco anos está sofrendo ameaças de estupro e que ela mesma está sofrendo ameaças de morte.

Trata-se de um caso repulsivo praticado por criminosos que devem ser investigados e punidos conforme a lei.

Um caso que revela uma cultura de misoginia, ódio, perversidade e violência que infelizmente persiste em segmentos da nossa sociedade e que pavimentou a grave situação política que vivemos no Brasil atualmente.

Cabe a todos e todas, homens, mulheres de todas as raças, credos e orientação sexual, garantir e construir um ambiente de convivência respeitosa e saudável em nosso país. Neste sentido, nós sindicalistas, manifestamos, em nome da ex-deputada Manuela D’Ávila, total e absoluto repúdio a situações que constrangem, ameaçam e aterrorizam mulheres e crianças.

#ForçaManu! Punição aos criminosos!


São Paulo, 4 de junho de 2021


Sérgio Nobre, presidente da Central Única dos Trabalhadores – CUT

Miguel Eduardo Torres, presidente da Força Sindical – FS

Ricardo Patah, presidente da União Geral dos Trabalhadores – UGT

Adilson Gonçalves de Araújo, presidente da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB

Antônio Neto, presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros – CSB

José Reginaldo Inácio, presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST

Ubiraci Dantas Oliveira, presidente da CGTB – Central Geral dos Trabalhadores do Brasil

Atnágoras Lopes, Secretaria Executiva Nacional da CSP – Conlutas

Edson Carneiro Índio, Intersindical – Central da Classe Trabalhadora

Emanuel Melato, Coordenação da Intersindical – Instrumento de Luta e Organização da Classe Trabalhadora

José Gozze, presidente – Pública Central do Servidor





Fonte: Rádio Peão Brasil

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top