Camarada Tiãozinho, Tião, Sebastião Soares...

Data de publicação: 31 Maio 2021




por José Reginaldo Inácio


Não sou bom nisso e VOCÊ sempre soube. Afinal, a amizade de camaradas é sempre um legado vivo.

Só a ela, a amizade cheia de vida, sua existência já nos conclama a seguir.

Por aqui, camarada, sindicalista, comunista, está presente. Respiração ativa! Sempre acompanhando o pulso das classes trabalhadoras. Se sofrida, como num folego derradeiro, para nós é um símbolo máximo, o sinal dado para a continuidade da luta.

Resistência, é isso. Muita! Desgaste... as vezes quase extremo. Cansaço sim, exaustão nunca... uma pausa... e, aí... indignar, jamais resignar.

Como costumava dizer, a nós lutadores do sindicalismo e do povo, a realidade supera certas questões e assim a vida nos permite recuperar a força a cada dia. Hoje não é diferente.

Amanhã, por certo, não teremos um lamento egoísta. Não diremos somente que vai fazer muita falta. Por isso, lembro de Uraniano: não dá pra escrever literatura enquanto a ferida está sangrando.  

No dia seguinte, ou depois, aí sim, a lembrança é saudosa. Seus feitos, conquistas, enfrentamentos, é deles que recordaremos. Os seus melhores dias. Os outros dias. Alguns de susto, de agonia. Contudo, como um transbordo da imensa dimensão de seu esforço, sua inteireza, corpo e espírito revolucionários. 

Agora há pouco lembramos quando o desvio de emergência de uma aeronave para Campinas nos deu o alerta de que era bem maior do que pensávamos. Demos um enorme suspiro e VOCÊ nos mostrou o quanto ainda se tinha e temos por fazer. Mais alguns anos e chegamos até aqui. De novo, insistiu em nos avisar. A ação sindical real não pode se tornar mórbida. O sofrimento imposto, nossas baixas, não pode nos levar ao autossacrifício e se tornar dádiva ao capital.

Sua lida faz de nossa memória uma compartilha cheia de vida, de presença. São 71 anos entre nós. Marcantes, tenha certeza. Não consigo precisar quantos deles na lida sindical. Mas, de nossa existência e luta em comum, são mais de duas décadas. Ação utópica, alguns teimam em nos dizer. Porém perseverar é sem fim e, assim, consciência e emancipação sindical e das classes trabalhadoras, o tornou o mestre, o doutor, o pesquisador e agora, enfim, o nosso maior observador. 

É dessa experiência, passagem, travessia... rastros, vestígios, marcas... muitas delas transformadoras, deram e dão sentido à superação da cruel realidade em que vivemos. Afinal, elas, suas marcas, nunca se limitaram ao desejo pueril, mas se sustentaram na vontade intelectual revolucionária, radical, engajada, e nela a emancipação de todos a sua volta foi sempre ação necessária, um de seus maiores legados.

Por fim, quando a ausência da sua presença for doída, pedirei licença aos seus familiares, que em tempo rendo graças, e rogo a seu filho, Pedro Ivo, para em paráfrase dizer: por suas lindas homenagens a essa pessoa sensacional que foi e será eternizado o grande Sebastião Soares da Silva, “Tiãozinho”, por favor, continuemos juntos o legado que ele deixou.


Salvas e abraços revolucionários


José Reginaldo Inácio, seu sempre camarada e amigo.



*José Reginaldo Inácio é é Sindicalista, Presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST, Secretário de Educação da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria e Diretor de Estudos e Pesquisas do Observatório Sindical Brasileiro “Clodesmidt Riani” – OSBCR.




Imprensa NCST

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top