Brasil chega a 135 mil mortes por covid-19

Data de publicao: 18 Set 2020



Expectativa de vida mundial deve cair por conta da pandemia. De acordo com estudo, se 50% da população for infectada, redução na expectativa de vida pode ser de três a oito anos


 
Número de infectados sofreu acréscimo de 36.303 no último período. Com a soma, são 4.455.386 brasileiros doentes de covid-19 desde março



por Gabriel Valery



O Brasil registrou 829 mortos por covid-19 nas últimas 24 horas. Desde o início da pandemia, em março, são 134.935 vítimas da doença provocada pelo novo coronavírus no Brasil. O balanço é consolidado diariamente pelo Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) a partir dos levantamentos das unidades da federação.

Já o número de infectados teve acréscimo de 36.303 e o país soma 4.455.386 brasileiros doentes de covid-19 desde o início do surto. Os números são passíveis de grande subnotificação, denunciada por cientistas e reconhecida por autoridades. Isso porque o Brasil ignorou as indicações da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a realização de testagem em massa para covid-19. Apenas cerca de 6% da população já passou por algum exame do tipo, de acordo com levantamento do último mês.


Números


O estado mais impactado é São Paulo, com 33.472 mortos e 916.821 doentes de covid-19. Apenas na capital, são 12.266 mortos e 279.173 infectados, com grande diferença entre regiões. Nas periferias, onde os trabalhadores possuem pouco acesso e menor condição de trabalho remoto (home office), a taxa de contágio é o dobro da registrada em bairros centrais.

Na sequência vem a Bahia, em relação ao número de casos. São 289.655 doentes e 6.132 mortos. Já Minas Gerais soma 262.001 doentes e 6.500 mortos. O Rio de Janeiro tem 246.843 casos. Entretanto, os fluminenses possuem mais que o dobro de mortos dos dois estados: 17.453. O resultado possui ligação com as diferenças nas quantidade de testes realizados.

O balanço de hoje do número médio de mortos fica ligeiramente acima da média registrada nas últimas três semanas, de 800 mortos por dia; e abaixo dos últimos dois dias, que apresentaram mil mortos em média. Hoje, o Brasil é o segundo país mais afetado pelo vírus em número de mortos, atrás apenas dos Estados Unidos, e terceiro em relação aos casos, já que foi ultrapassado pela Índia na última semana.


Expectativa de vida


A pandemia de covid-19 é a mais grave crise sanitária em mais de 100 anos, desde a gripe espanhola de 1918. De acordo com estudo publicado hoje (17) na revista científica Plos One, o novo coronavírus deve reduzir a expectativa de vida em todo o mundo.

Em países mais displicentes com o vírus, como o Brasil, que não adotou medidas de contensão do vírus e preferiu ignorar os alertas da ciência, especialmente, por pressão do presidente Jair Bolsonaro, a queda pode ser mais brusca. O estudo indica que, se 50% da população for infectada, a queda no indicador pode ser de três a oito anos.

A esperança vem da ciência, que fora ignorada por Bolsonaro. Além de vacinas que podem ser disponibilizadas no início de 2021, o uso de corticoides e os protocolos médicos melhoraram ao longo do ano. O resultado já é perceptível com a queda na mortalidade em todo o mundo, mesmo com a manutenção de grande contágio.

“Não temos certeza do que vai acontecer ainda”, revela um dos autores do estudo, o professor da Universidade de Viena Sergei Scherbov. “EM muitos países a letalidade da covid-19 está diminuindo fortemente porque o protocolo de tratamento está melhor definido”, completou.




Fonte: Rede Brasil Atual - RBA 
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top