Bolsonaro teme que atos pró-democracia fortaleçam processo de impeachment

Data de publicação: 4 Jun 2020



Estudo da empresa AP Exata mostra que há nas redes sociais uma tendência de crescimento das manifestações anti-Bolsonaro e cúpula do governo acende alerta




Jair Bolsonaro (Foto: Carolina Antunes/PR)



Reportagem de Julia Lindner e Tânia Monteiro, na edição desta quinta-feira (4) do jornal O Estado de S.Paulo, informa que Jair Bolsonaro teme que os atos antifascistas em defesa da democracia, que ganharam as ruas no último fim de semana e terão sequência nos próximos dias, desencadeiem grandes protestos pelo impeachment – no Congresso já há pelo menos 30 pedidos de impedimento do presidente.

Segundo a reportagem, a principal pauta dos bolsonaristas, hoje, é a criminalização dos protestos de rua, expressa nas declarações de Bolsonaro e do vice, general Hamilton Mourão.

No entanto, há na cúpula do governo a avaliação de que os fatos recentes que desgastam o Planalto e podem reforçar a defesa do afastamento do presidente.

De acordo com o jornal, um estudo da empresa AP Exata mostra que há nas redes sociais uma tendência de crescimento das manifestações anti-Bolsonaro, com argumentos de defesa da democracia. Segundo a pesquisa, recentes mensagens postadas por seguidores do presidente indicam que a mídia e a esquerda buscam estimular os protestos para derrubar o presidente. Os próximos atos de rua também devem incorporar a pauta antirracista.

“Começou aqui com os antifas (movimento antifacista) em campo. O motivo, no meu entender, político, é diferente. São marginais, no meu entender, terroristas”, afirmou Bolsonaro. “Têm ameaçado, (no próximo) domingo, fazer movimentos pelo Brasil (…). Lá (nos EUA) o racismo é um pouco diferente do Brasil. Está mais na pele. Então, houve um negro lá que perdeu a vida. Vendo a cena, a gente lamenta. (…) Agora, o povo americano tem que entender que, quando se erra, se paga. Agora, o que está se fazendo lá é uma coisa que não gostaria que acontecesse no Brasil.”




Fonte: Revista Fórum 

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top