Italianos gravam mensagens para ‘eles mesmos do passado’ durante a pandemia

Data de publicação: 23 Mar 2020



Acredita-se que, assim como outros países, o Brasil esteja cerca de nove a 10 dias atrás da Itália na progressão do coronavírus. Vídeo serve de alerta a brasileiros para a seriedade da crise de saúde, que avança a cada dia




Vídeo produzido na Itália mostra que população foi pega de surpresa pelo coronavírus e recomenda atenção de todo o mundo para o risco real da ameaça



Vídeo produzido pelo coletivo de cineastas Athingby, sediado em Milão, propõe uma reflexão sobre como será a vida de grande parte dos brasileiros – e de outras nações do mundo – daqui a cerca de 10 dias, quando o país estará sob o rigor do isolamento social como forma de conter a expansão da pandemia de coronavírus. Acredita-se que, assim como outros países, o Brasil esteja cerca de nove a 10 dias atrás da Itália na progressão do coronavírus.

O vídeo mostra italianos de todas as regiões dando testemunhos de como suas vidas foram transformadas pela necessidade de passar dias seguidos em suas casas e reforçando a necessidade de se cumprir as recomendações e cuidados para evitar o contágio.

O trabalho, que é também uma mensagem de ânimo e otimismo para as demais nações sob a mesma necessidade de combater a epidemia, chegou às redes sociais no Brasil na noite de ontem (18) e viralizou rapidamente (assista reprodução abaixo)


Desatenção


A tragédia que se abate sobre a Itália começou em fevereiro, em um hospital de Codogno, a 60 quilômetros de Milão. De lá para cá, o país se tornou o segundo com o maior número de casos, atrás da China, onde a pandemia já dá sinais de recuo. Até a noite de ontem o país registrava 31.506 confirmados e 2.503 mortes.

O país demorou para tomar as medidas recomendadas pela OMS, assim como o governo de Jair Bolsonaro tem reagido à ameaça no Brasil. O temor, relatado à RBA por um brasileiro residente em Codogno, é de que o atraso nas medidas efetivas pelo governo Bolsonaro leve a uma situação semelhante à italiana, com 31.506 infectados e 2.503 mortos

A jornalista italiana Valentina Barile escreveu artigo especialmente para a RBA, “aos irmãos brasileiros“. Ela reforça que “estamos em uma guerra por desatenção. A Itália, governada pelo sistema financeiro, descuidou de seu sistema de saúde” e também alerta para a necessidade do isolamento como forma de reduzir ao máximo o contágio pelo coronavírus.


Assista ao vídeo do @athingby sobre “o futuro”:








Fonte: Rede Brasil Atual - RBA 

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top