SC: O Siticom sou eu, é você, somos nós

Data de publicação: 22 Jan 2020





Nos últimos quatro anos  trabalhamos muito, sempre com alegria, com disposição e felizes de estar no meio dos trabalhadores da construção civil e do mobiliário da região do Rio do Peixe. Sabe por que? Porque o reconhecimento veio.

Quando iniciamos, havia poucos filiados no Siticom não chegava a uma dezena, hoje temos centenas de trabalhadores da categoria filiada ao sindicato e participativos. Esse é o maior reconhecimento. Não há conquista maior que essa.

Mas por que será que houve esse aumento exorbitante nas filiações? Será que foi porque fizemos visitas nos locais de trabalho (reunião nas obras, fabricas), para ouvir críticas, demandas, mas também elogios e sugestões? É isso aí, tamo junto.





Será que foi porque fizemos assembleias por local de trabalho, reuniões abertas de negociação onde participou toda diretoria do sindicato (não apenas o presidente e o empresário) e no final quem decidiu se aceitava ou não as propostas foram os trabalhadores em assembleia? É isso aí, tivemos aumento real de salário, acima da inflação nos últimos quatro anos.

Será que foi porque conquistamos pisos diferenciados para a categoria? Com salário diferenciado tanto da construção civil quanto dos moveleiros? Quem se capacita e permanece na categoria ganha mais. Ou porque realizamos torneios, jantares nos lugares que só o patrão ia jantar, ou será porque distribuímos cestas de natal? Ou construímos projetos entre eles café consciente, juntos pela vida, gincana de saúde e segurança? Ou porque   elevamos a escolaridade no projetos educar para construir ?

Ou será que foi porque estamos a disposição na secretaria do sindicato ou pelo WhatsApp  será que é   porque mantemos o Siticom aberto na hora que o trabalhador  precisa para o trabalhador tirar suas dúvidas? Ou será porque entramos com vários processos em defesa do trabalhador, ou será porque não deixamos nenhum trabalhador terceirado sem receber o que é seu por direito mesmo na hora que os contratantes tentaram fugir das suas responsabilidades?

Eu acho que foi um pouco de cada coisa. E você, o que acha? O que mais lhe motivou para se filiar e participar do Siticom?

Mas além de termos centenas de trabalhadores da categoria filiada ao Siticom sabe qual a outra grande conquista que nos traz alegria e gratificação pelo trabalho realizado?





Nestes últimos anos desta gestão não teve mais nenhuma morte e são muito raros os acidentes de trabalho. Isso é gratificante. Sabe por que? Fizemos do Siticom um sindicato cidadão, um sindicato que se reúne com os diferentes, não importa se é empresário, procurador ou juiz, o importante é o trabalhador por nós representado pelo sindicato, envolvido na vida das cidades, participando de Conselhos Municipais, associações de moradores, audiências públicas, Câmara de Vereadores, Prefeituras e com isso ganhamos apoio e passamos a ser respeitados. Participamos ativamente  na comissão intersetoriais de segurança, contribuímos e coordenamos o último Abril Verde em conjunto com toda a comunidade e sindicatos, que já é o maior movimento de prevenção de acidente de trabalho do Estado de Santa Catarina. Sabia disso?

Algumas coisas que gostaríamos de ter feito não foram possíveis: queríamos ter tido força para mobilizar os trabalhadores contra a perda de direitos, lá em Brasília ou em Floripa, mas não dependia somente de nós e faltaram recursos e vontade das demais categorias. Queríamos abrir uma sub-sede do Siticom em cada cidade de abrangência, mas também ficou fora do nosso alcance, então, fomos visitar as obras, ouvimos os trabalhadores com conversas pré-agendadas e não ficou descoberto. Queria ter feito mais, queria terminar esta gestão com 100% da categoria filiada ao Siticom o que não foi possível, mais sabe que dei o melhor de mim e me dediquei 100% na função de presidente, mais como sempre digo, “vim para resgatar nosso sindicato, dar credibilidade e provar que nos somos sim fortes e deixo a presidência com esse sentimento de dever cumprido”

O Siticom está de pé, forte, atuante e reconhecido pelos trabalhadores. “Esse me representa”. E agora, como vai ser no futuro? Depende de cada
um de nós, porque o Siticom sou eu, é você somos nós...



Pedro Nogueira Junior - Pedrinho
Presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Joaçaba e Região - Siticom
Gestão 2015 á 2020




* As inscrições para compor a nova diretoria gestão 2020 a 2025 já estão abertas e encerram dia 26/01/2020. Mais informações pelo telefone (49) 3554-0355 ou na secretaria do Siticom em Herval d Oeste
 

 

Fonte: Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Joaçaba e Região – Siticom, entidade filiada à NCST
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top