NCST participa 12º Fórum sobre a saúde do homem

Data de publicação: 27 Nov 2019





A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados realizou, nesta terça-feira (26), o 12º Fórum de Atenção Integral à Saúde do Homem. O encontro - que contou com a participação do representante da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) no Conselho Nacional de Saúde (CNS), Aníbal Machado - atendeu requerimento apresentado pelo deputado Sergio Vidigal (PDT-ES). Machado, na oportunidade, reforçou a necessidade de revogar a Emenda Constitucional 95 e fortalecer os mecanismos de financiamento do SUS.

A edição deste ano teve como tema a saúde do homem trabalhador dos transportes e as políticas públicas para garantir cuidados a esses profissionais e aos homens em geral.

Segundo Sergio Vidigal, esses profissionais têm a vida mais sedentária, característica que pode favorecer o surgimento de doenças como câncer de próstata.

Vidigal é médico e coordenador da Frente Parlamentar de Atenção à Saúde do Homem. Ele considera que, somando-se ao sedentarismo da categoria, os homens, naturalmente, já costumam dar menos atenção à própria saúde e fazem menos consultas médicas que as mulheres.







Para Aníbal Machado, os profissionais do transporte estão submetidos a diversos riscos resultantes das más condições das rodovias, da carga horária exaustiva, da violência nas estradas, do desemparo na medicina preventiva e de atendimento médico/hospitalar.
 
“Precisamos insistir na revogação da Emenda Constitucional 95. Estrangulando os investimentos em Saúde a nossa já precária situação tende a se agravar. Outro grande problema enfrentado hoje pelos motoristas está na escassez políticas de segurança pública eficazes que coíbam as diversas modalidades de assalto. Os problemas psicológicos resultantes da crescente violência nas estradas está tomando proporções epidêmicas. O motorista sai pra trabalhar sem saber se vai voltar pra casa. Não dá discutir qualquer alternativa que leve em conta a saúde do trabalhador de transportes sem passar, obrigatoriamente, por esses temas”, reforçou o representante da NCST no encontro.


Assista a integra do encontro:

 
 






Agência Câmara com adaptações da Imprensa NCST
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top