Lucro de quatro grandes bancos cresce 21%, e setor segue fora de sintonia com a dinâmica do Brasil

Data de publicação: 14 Ago 2019



Para diretor técnico do Dieese, crescimento do setor financeiro é fruto da exploração da crise




'Setor financeiro passou a ser proprietário do sistema produtivo e, com as elevadas taxas de juro, passaram a ter um retorno extremamente elevado', diz Clemente



Quatro dos maiores bancos do Brasil registraram aumento no lucro de 21,3% no segundo trimestre, atingindo R$ 20,5 bilhões, em comparação igual período do ano passado. Para o diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, o crescimento do setor financeiro é “totalmente fora de sintonia” com a dinâmica econômica do Brasil. Clemente critica a maneira como a crise é explorada pelos bancos.

“O setor financeiro passou a ser proprietário do sistema produtivo e, com as elevadas taxas de juro, passaram a ter um retorno extremamente elevado. Os mecanismos permitem que os bancos se apropriem da riqueza do país. Na crise economia, os mais ricos acumulam mais riqueza, porque eles têm um poder econômico e político que os diferenciem da sociedade”, afirmou à Rádio Brasil Atual, sobre os resultados de Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e Banco do Brasil.

Para ele, o maior lucro trimestral para esses bancos em quatro anos só é bom para os acionistas, já que esse lucro não reflete em menores taxas para os clientes dos bancos. Clemente lembra que, apesar dos resultados, os bancários ainda são vítimas do sistema predatório do setor financeiro.

E os clientes ainda pagam tarifas altíssimas, sem contrapartida em melhores condições de atendimento, sobretudo os de renda menor. “Uma das formas de ter esse resultado é operar com a rentabilidade dos rentistas. Eles pressionam os bancários a vender todos os tipos de serviços, porque os bancos ganham muito com as taxas”, acrescenta.


Ouça o comentário:


 





Fonte: Rede Brasil Atual - RBA

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top