CNS discute PEC que vincula rendas do petróleo às áreas da Educação e Saúde, entre outros temas relacionados ao financiamento do SUS

Data de publicação: 5 Jul 2019




O representante da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST no Conselho Nacional de Saúde (CNS), Aníbal Machado, participa de maratona de reuniões do conselho entre os dias 3, 4, e 5 de Julho, para debater temas relacionados ao planejamento estratégico do CNS para gestão 2018/2021 (saiba mais), bem como, em destaque, colaborar com as discussões em torno da Proposta de Emenda à Constituição PEC 39/2019, de autoria do senador Marcelo Castro (MDB-PI), que vincula rendas do petróleo às áreas da Educação e Saúde, excluindo essas despesas do teto de gastos instituído pelo Novo Regime Fiscal. Para o representante da NCST, uma saída necessária, mas paliativa diante dos graves impactados da Emenda Constitucional 95, que somarão, apenas entre os anos de 2018 e 2019, perdas de R$ 13,9 bilhões no financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

As reuniões prosseguiram debatendo o subfinanciamento do SUS em relação a outros países que implementaram modelos de acesso universal; A Emenda Constitucional (EC 86/2015); recursos da partilha do Pré-Sal;  aumento das ocorrências de dengue e planejamento para reduzir os danos; Política Nacional de Vigilância em Saúde (PNVS); campanhas de vacinação; Desvinculação das Receitas da União (DRU) e seus impactos no financiamento do SUS; entre outros.



Representante da NCST, Anibal Machado, em conversa com o senador Marcelo Castro
 

Ex-ministro da Saúde e Senador da República, Marcelo Castro participou das discussões no CNS, apresentando aos conselheiros, detalhes da PEC 39/2019. Na oportunidade, Aníbal Machado conversou com o político e aproveitou a presença do parlamentar solicitando intervenção em favor do financiamento para mais laboratórios, maior produção de medicamentos e mais recursos à atenção básica, média e procedimentos de alta complexidade no SUS.


Representante da NCST no CNS denuncia: "110 mil médicos aguardam Revalida para ocupar postos de trabalho"
 
"Enquanto isso, centenas de municípios continuam desamparados de atendimento médico. Pessoas morrem todos os dias em consequência disso", revolta-se Aníbal Machado.


Assista: 








Imprensa NCST
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top