PB: Protestos bloqueiam avenidas de João Pessoa e cidades do interior durante a Greve Geral

Data de publicação: 24 Jun 2019

No último dia 14, sexta-feira, os trabalhadores, atendendo a convocação das Centrais Sindicais NCST/PB, CUT/PB, CTB/PB, Conlutas/PB, sindicatos, federações, Frentes Povo Sem Medo, Brasil Popular, Movimentos Populares e UNE, realizaram mobilizações em João Pessoa, Campina Grande, Patos, Cajazeiras, Sousa, Guarabira, Sape, e outras 50 (cinquenta) cidades interioranas na Paraíba. Diversas categorias paralisaram suas atividades laborais, conforme já se estimava. As manifestações foram contra a chamada “reforma” da Previdência Social, em defesa das Universidades dos cortes do governo federal e por mais empregos.

A greve na Paraíba ganhou adesão dos mais diversos seguimentos entre trabalhadores, bancários, professores, metalúrgicos, portuários, ferroviários, motoristas, cobradores, caminhoneiros, trabalhadores da educação, da saúde, servidores públicos federais, estaduais e municipais, entre outras categorias que aprovaram a paralisação em suas respectivas assembleias.

“Diante da crise que passa o mercado do trabalho brasileiro, foi realizado mais um grande ato de protesto na contra a “reforma” da Previdência encaminhada ao Congresso Nacional pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) por meio de sua equivocada PEC 06/2019, que tem como objetivo principal, promover o desmonte do maior patrimônio público do povo brasileiro e entrega-lo ao mercado financeiro internacional, causando inevitáveis retrocessos. Esse governo não trata das questões sociais, ignoradas pelo fato da nossa Previdência já estar sob o controle do Ministério da Economia nas mãos do carrasco ministro Paulo Guedes. Por isso reafirmamos firme posicionamento contrário à ‘reforma’ da Previdência”, disse Antônio Erivaldo Henrique, presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado Paraíba – NCST/PB.

 

Fonte: Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado Paraíba – NCST/PB



A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top