SP: Grupo limeirense vai ao TRT 15 pedir permanência de juízes auxiliares.

Data de publicação: 15 Maio 2019




A USTL – União Sindical dos Trabalhadores de Limeira enviou ofício ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região de Campinas na tentativa de impedir a retirada de dois juízes auxiliares fixos da Vara Trabalhista de Limeira. No comunicado, endereçado à presidente do órgão, dra. Gisela Rodrigues Magalhães de Araújo e Moraes, a USTL alerta para o risco de aumento de processos e demora nas decisões. Quando foi anunciada a transferência dos auxiliares, o Tribunal citou a redução de cerca de 40% no volume de ações acarretada pela Reforma Trabalhista, acontecida em novembro de 2017 – porém, a USTL aponta que os índices voltaram a crescer e, mesmo com alguma diminuição, os profissionais devem ser mantidos na cidade para o bom funcionamento do órgão e agilidade dos processos. O Fórum Trabalhista de Limeira atende uma população de 350 mil pessoas e envolve as cidades de Limeira, Iracemápolis e Cordeirópolis. Outras entidades e representantes locais também se manifestaram contra a saída dos juízes auxiliares. Na última segunda-feira, a Câmara Municipal de Limeira aprovou moção de apelo ao TRT pela manutenção dos dois juízes auxiliares fixos. A ação da USTL e a moção aprovada pela Câmara contam com o apoio da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil, subsecção Limeira.

Ontem (09), o presidente da USTL, Artur Bueno Junior; a advogada do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Limeira e Região, dra. Sueli Yoko Taíra – que também preside a Comissão de Direitos Trabalhistas da OAB Limeira -; o presidente da OAB Limeira, dr. Mauro Faber; o secretário geral da OAB Limeira, dr. Márcio Fernandes Silva; o representante do governo municipal de Limeira, dr. Daniel de Campos; além do presidente da Federação dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário, dr. Reginaldo Arantes, e do presidente da CNTA – Confederação Nacional dos Trabalhadores da Alimentação, Artur Bueno de Camargo, em uma espécie de força-tarefa, estiveram no Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região de Campinas em uma reunião sobre o assunto, na tentativa de reverter a situação. O grupo limeirense foi atendido pelo Juiz Auxiliar da Presidência do TRT 15, dr. Álvaro Santos, e pela Juíza Auxiliar da Corregedoria, dra. Lúcia Zimmermann. Eles receberam os estudos  sobre a necessidade de manutenção dos juízes auxiliares em Limeira e garantiram que o pedido será analisado – porém, adiantaram que os cortes nas verbas e a necessidade de convocação de juízes para a 2ª Instância impossibilitam reversão da decisão no momento. A remoção já fora publicada no Diário Oficial da União.

“É triste”, diz o presidente da USTL, Artur Bueno Junior, “mas temos que continuar lutando. Essa união de forças da cidade, na tentativa de manter os juízes auxiliares, deve permanecer! Devemos mostrar dados e informações ao longo dos próximos meses para que a situação seja reanalisada e reconsiderada. Ainda há esperança!”, conclui.





Fonte: Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins de Limeira e Região - Stial, entidade filiada à NCST
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top