​“Nova Central é essencial na defesa da democracia e dos trabalhadores”, ressalta Wagner Freitas, da CUT

Data de publicação: 28 Jun 2017


Em saudação aos delegados do IV Congresso Nacional, o presidente da CUT, Wagner Freitas, ressaltou a fundamental importância da Nova Central na luta por uma sociedade mais justa e na defesa da democracia no país e no combate às propostas que atacam direitos da classe trabalhadora. “A greve geral que fizemos dia 28 de abril foi a maior da história e não teria sido assim sem a participação da Nova Central. Também no ato Ocupa Brasília a Central teve participação ativa e contamos com vocês para a greve do dia 30”, destacou.

O presidente Calixto ressaltou que a decisão da Nova Central pelo enfrentamento às reformas trabalhista e previdenciária é amadurecida e não de oportunistas. “Temos uma situação de grave crise, com um Poder Legislativo com mais de dois terços sendo investigados, um presidente e todos seus assessores imediatos denunciados. A República ruiu e querem jogar o ônus nas costas dos trabalhadores, mas não vamos deixar”.

Wagner Freitas manifestou sua admiração pela entidade e pelo presidente da NCST. “Trago aqui o respeito e admiração da CUT pelo grande líder José Calixto e pela militância da Nova Central. Temos matizes diferentes, mas nos une a luta em defesa da democracia e dos direitos trabalhistas. Este é um momento ímpar e fomos eleitos para o enfrentamento. Calixto acredita e eu também que podemos derrubar as reformas. O governo está fazendo das tripas coração para acabar com a aposentadoria, para transformar o emprego em bico e não vamos permitir”, disse.

Os congressistas responderam ao presidente da CUT com brados de Fora Temer e Diretas Já. “Temer está morto e ninguém vai querer morrer abraçado com ele. Vamos dizer aos deputados e senadores que quem votar a favor destas reformas não terá nosso voto em 2018”. Segundo ele, a luta deve ser por Diretas Já, uma vez que, por via indireta, seria colocado alguém mais forte para fazer o que o mercado quer. “Parabenizo o congresso e conclamo vocês para a luta em busca de nossas conquistas”.
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top