::: NCST - NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES :::

20 de novembro: NCST na luta pela Igualdade Racial

20 Nov 2022

 



No Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado neste 20 de novembro, a Nova Central de Trabalhadores (NCST), por meio da sua Secretaria Nacional e Estadual de Promoção de Igualdade Racial e Gênero, reflete sobre os desafios da igualdade racial para um futuro melhor. 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população negra representa 56,1% do Brasil. Mas, na prática, esse grupo majoritário não ocupa muitos cargos de decisão ou espaços de destaque. 

A desigualdade racial no Brasil é inegável e resisti pela fragilidade das políticas públicas de enfrentamento. 

“O racismo no nosso país é estrutural. Desenvolver uma educação antirracista é fundamental para que tenhamos uma sociedade mais justa. Assim como desnaturalizar a violência contra pessoas negras e a ausência de negros em determinados locais. A ampliação da representatividade deve ser uma meta social", enfatizou Cátia Laurindo (Nega Show), secretária Nacional e Estadual de Promoção de Igualdade Racial e Gênero da NCST.

 “Existe uma história do povo negro sem o Brasil; mas não existe uma história do Brasil sem o povo negro”, uma afirmação de Januário Garcia, fotógrafo e militante do movimento negro, que a NCST ressalta para enaltecer Zumbi dos Palmares — que morreu nesta data, em 1695, na luta pela libertação do seu povo.

 RACISMO É CRIME! 

#ConsciênciaNegra #Luta #IgualdadeRacial #Antirracista #NCSTnaLuta
    Copyright 2021 NCST | Desenvolvimento: Techblu.com