::: BLOG da Fisiotrauma Excellence :::

SP: Diretoria do Sindmotoristas define 'Plano de Ações' ao Setor de Manutenção

26 Ago 2020

Nailton Francisco, Secretário de Assuntos dos Trabalhadores da Manutenção do Sindmotoristas



Reunidos na segunda-feira (21), diretores do Sindmotorisras debateram os problemas que afetam os trabalhadores do Setor de Manutenção e aprovaram o Plano de Ações, bem como a Pauta de Reivindicações a ser protocolada nas empresas de ônibus da capital.

As falhas identificadas no Plano de Carreira, implantado em 2016, serão corrigidas, conforme cláusula da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT – 2019/2020).

De acordo com Nailton Francisco, Secretário de Assuntos dos Trabalhadores da Manutenção, a intenção de aplicar o plano de modo precipitado, sem antes definir questões salariais e realizar as avaliações de desempenho, resultou em prejuízos aos trabalhadores, facilitando as empresas a burlarem a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) para nao pagarem o Piso Salarial aos profissionais oficiais (eletricistas, mecânicos, funileiros e pintores).

Nailton relatou ainda que no tocante à movimentação das funções na vertical, o principal motivo das reclamações dos funcionários que ocupam o cargo de “meio oficial”, que ao serem promovidos para uma função intermediária entre o oficial – anteriormente, esta promoção era automática, mas agora a regra foi modificada.

“Na movimentação das funções horizontal (por mérito), instituiram-se nomenclaturas (Nível 1, Nível 2, Nível 3 e Nível 4) e critérios de movimentação na função baseados em metas de desempenho e avaliação teórica, aplicadas sem nenhum acompanhamento do sindicato. Há reclamações que existem apadrinhamentos, discriminações e falta de reconhecimento profissional aos que já desempenham determinados serviços”, disse Nailton.




Fonte: Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo - Sindmotoristas


 
    Copyright © 2016 Fisiotrauma | Desenvolvimento: Techblu.com