Data de publicação: 6 Dez 2018



A USTL (União Sindical dos Trabalhadores  de Limeira) enviou ofício ao prefeito Mário Botion (PSD) nesta terça-feira (4), onde critica a exclusão dos trabalhadores, no lançamento do plano de mídia do Programa Permanente de Desenvolvimento de Limeira. O evento, realizado na quinta-feira (29), contou exclusivamente com representantes do setor empresarial, além de políticos ligados à prefeitura.

“Nenhum plano de desenvolvimento tem chance de sucesso, se não envolver empresários e classe trabalhadora. Trabalhadores podem contribuir, e muito, com o projeto de geração de empregos e renda no município”, apontou o presidente da União Sindical, Artur Bueno Júnior. Ele ressaltou que, desde o começo da iniciativa, a representação dos trabalhadores não foi convidada uma única vez.

No documento enviado a Botion, a União Sindical afirma que as entidades que a compõem lamentam terem tomado conhecimento da proposta “pela imprensa”, lembrando que a USTL “sempre apoiou todas as iniciativas com o objetivo do desenvolvimento da nossa cidade”. A entidade participa da Comissão Municipal de Emprego, inclusive tendo um dos diretores como presidente de gestão anterior.

No governo Paulo Hadich (PSB), a União Sindical idealizou e participou ativamente dos trabalhos do PDE (Plano de Desenvolvimento Empresarial). Além de trabalhadores e empresários, as reuniões envolveram universidades e outros atores sociais, redundando em propostas efetivas para a geração de emprego e renda no município.


CARTILHA


Júnior citou a cartilha política elaborada pela USTL, e assinada pelo atual prefeito durante a campanha de 2016, com compromisso de “desenvolver um plano nesta área (desenvolvimento) em conjunto com a representação dos trabalhadores e a sociedade civil organizada”. “A exclusão foi uma surpresa”, lamentou o presidente da União Sindical.

No final do ofício, a União Sindical reafirma seu compromisso com o desenvolvimento de Limeira “A criação de melhores condições de vida e de trabalho para os seus habitantes, são nosso objetivo principal”, finaliza o texto. A USTL representa 12 entidades de trabalhadores, ou cerca de 80% da massa de mão de obra do município.

Clique AQUI ( http://ncst.org.br/images_news/files/Oficio%20USTL%20-%20Ao%20Prefeito%20de%20Limeira.pdf ) e confira o ofício na íntegra 




Fonte: Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação e Afins de Limeira e Região - Stial, entidade filiada à NCST