Data de publicação: 23 Mar 2018





No mês de março, a diretora da Nova Central Sindical de Trabalhadores - NCST, Ledja Austrilino Silva e a presidente do Sindicato das Costureiras de Pernambuco (SINDCOSTURA), Aurora Flora, participaram de reunião na cidade de Caruaru, com Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), juntamente com lideranças da região.

“Pretendemos promover uma rede de trocas de informações com atores de diversos setores e criar uma estrutura compartilhada para a criação de ações que resultem solucionar os maiores desafios às condições de trabalho e desenvolvimento sustentável do Agreste Pernambucano”, enfatizou a diretora da Nova Central, Ledja Austrilino, durante o encontro.

Os objetivos apresentados durante a reunião, foram voltados à implementação do projeto: Vozes da Moda na região, que ajudará a diminuir as desigualdades e incentivar a promoção do crescimento econômico, inclusivo, geração de emprego pleno e produtivo de trabalho decente para todas e todos.

Para o próximo mês serão discutidas algumas ações de trabalho, além do Fórum de Diálogo Social, previsto para ocorrer nos dias: 08 e 09 de agosto de 2018. Para os organizadores do projeto, a agenda 2030 será fruto de trabalho conjunto dos governos e cidadãos de todo o mundo para criar um novo modelo global que vise acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todas e todos.






Participaram do encontro: representante empresarial, poder público, instituições de justiça, representante do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), representantes do Instituto Ethos, do Instituto Pacto Nacional pela Erradicação do Trabalho Escravo, Repórter Brasil, sindicatos entre outros.


Vozes da Moda


Tudo começa após uma visita feita na cadeia produtiva do Denim, no Agreste de Pernambuco. Lá foram diagnosticadas necessidades de um projeto na área têxtil dessa natureza para potencializar a construção coletiva desses múltiplos atores, junto à atuação desse setor no fomento do desenvolvimento. Com isso, o trabalho visa a  melhoria das condições de trabalho da região.





Imprensa NCST