Data de publicação: 14 Nov 2017


 
A diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares, Restaurantes e similares de Salvador e região (SindhotéiS-Ba), assume próxima gestão no dia 17 de novembro, às 18h, na sede administrativa do sindicato, no Largo Dois de Julho.

A eleição do SindhotéiS foi realizada no dia 03 de outubro, terça-feira. A Chapa 1, na ocasião foi única no pleito e eleita com a maioria dos votos para o próximo quadriênio (2017-2021). Estiveram presentes nas eleições representantes de outras entidades que prestaram apoio ao SindhotéiS.

O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (Contratuh) e secretário geral da Nova Central, Moacyr Roberto Tesch Auersvald, contou que conhece o sindicato desde quando não tinha expressividade, nem organização e que vivenciou o crescimento da entidade após o ciclo de gestão do presidente Ramos. “Para mim é um ciclo que passa, eu conheci este sindicato forte, mas pequeno e sem expressão, localizado em um lugar feio e mal cuidado. Percebi que mudou o estilo de administração, o patrimônio do sindicato, as conquistas sociais, a questão política, mudou a representação nacional, o respeito internacional através da Confederação, houve uma alteração de comportamento, atitude e respeito ao trabalhador. Tenho certeza que o presidente eleito, não terá grandes dificuldades, como seus antecessores, por que o sindicato já tem uma estrutura consolidada que facilita as coisas, bastando ele dar continuidade. Essa continuidade também é difícil, mas com o apoio do Ramos, da Brasilina Neta e de toda diretoria, o fardo será menos pesado. Sugiro para o novo presidente que escute seus antecessores, não jogue o passado no lixo e construa junto com a diretoria um momento melhor”.

Para o presidente, José Ramos, “esta diretoria tem consciência da responsabilidade que assume a partir do dia 11 de novembro de 2017, pois conhece e acompanha a história deste sindicato que já tem mais de oito décadas de trajetória e muitas conquistas para a categoria de hotéis, restaurantes, bares e similares de Salvador e região”.

Sobre o presidente eleito, José Ramos conta que vai assumir “Almir Pereira, que é funcionário do Hotel Victória Marina, tem 32 anos na categoria e está em nossa diretoria há duas gestões, sempre participando das ações, movimentos, negociações na luta em defesa dos direitos dos trabalhadores. Em 2017, ele encara o desafio de ocupar o cargo de presidente do SindhotéiS, para o qual foi eleito através da Chapa 1 e com o apoio  e confiança dos trabalhadores e trabalhadoras. Continuarei integrando a diretoria e sempre vou apoiar no que for preciso para enfrentar a luta diária por melhorias para a nossa categoria e para manter o legado que já conquistamos ao longo desses anos”.

Com a situação política atual, os trabalhadores sabem da guerra a enfrentar, pois o governo já aprovou a terceirização, a "reforma" trabalhista, e estão tentando aprovar a reforma da previdência. “Sabemos da nossa responsabilidade para com o trabalhador, e seremos perseverantes no enfrentamento dessas questões que afetam diretamente os direitos trabalhistas”, ressaltou Ramos.
 
SINDHOTÉIS
São mais de oito décadas de história e de conquistas importantes para os trabalhadores representados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Hotéis, Bares, Restaurantes e similares de Salvador e região (SindhotéiS-Ba), esse é o resultado de uma história que nasceu em 17 de agosto de 1933, quando um grupo de cozinheiros de restaurantes, bares e hotéis de Salvador, decidiram fundar a Associação dos Cozinheiros da Bahia para lutar pelos direitos da categoria de forma organizada.

Em 5 de julho de 1939, através do Decreto-Lei nº 1.402 a Associação se transformou em Sindicato dos Empregados em Comércio Hoteleiro e Similares da Cidade do Salvador, no entanto, o status de entidade foi concedido pelo Ministério do Trabalho, através de Carta Sindical com a publicação no Diário Oficial da União, somente em 22 de novembro de 1941.





Fonte: SindhotéiS-Ba