Data de publicação: 9 Out 2017



No Brasil, mais de 200 milhões de pessoas podem utilizar o Sistema Único de Saúde (SUS) de forma universal e gratuita. Após a Emenda Constitucional Nº 95, aprovada pelo Congresso Nacional em 2016, os investimentos em saúde e educação ficarão congelados até 2036. Nós, da Frente em Defesa do SUS e do Conselho Nacional de Saúde (CNS), apoiamos a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 5.658 com o objetivo de vetar a EC 95/2016, que está tramitando no Supremo Tribunal Federal (STF).

Precisamos da sua ajuda para não perdermos nossos direitos. A ADI reafirma que a EC 95/2016 causará consequências negativas para a população brasileira, pois transforma o "piso" (limite mínimo) de despesas nas áreas de saúde e educação em 'teto' (limite máximo) por duas décadas. Defendemos a Saúde e a Educação públicas, universais, integrais, gratuitas e de qualidade. Assine e divulgue, não podemos deixar morrer uma das maiores políticas públicas do mundo!



Clique AQUI ( http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR102140 ) e assine a petição. 


Clique AQUI ( http://conselho.saude.gov.br/ultimas_noticias/2017/doc/SOMOS_AMIGAS_E_%20AMIGOS_DAS_CAUSAS_31082017.pdf ) e faça o dowload do abaixo-assinado.





Fonte: Conselho Nacional de Saúde - CNS