Mulheres da NCST defendem aposentadoria dos trabalhadores em ato na Câmara dos Deputados

Data de publicação: 11 Abr 2019




A Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST participou, nesta quinta-feira (11/04), do ato público “Mulheres Unidas em Defesa da Aposentadoria”, realizado no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados. O evento, transmitido ao vivo pelo portal de notícias da NCST com colaboração da TV Câmara, teve como objetivo sensibilizar parlamentares para diversas alternativas que equilibram as contas do governo preservando o direito à aposentadoria da classe trabalhadora.






Com apoio de movimentos sociais, sociedade civil, entidades e centrais sindicais, o ato tornou mais perceptível as “nefastas” consequências da “reforma” na vida das mulheres de todos os segmentos profissionais, em especial das trabalhadoras rurais e professoras.


O ato público






O ato “Mulheres Unidas em Defesa da Aposentadoria” lotou as dependências do Auditório Nereu Ramos. Participantes relataram dificuldades de acesso devido à superlotação nas dependências da casa, resultado da grande mobilização em torno do evento que esclareceu os riscos e os trágicos impactos que podem submeter incontáveis trabalhadoras a dificuldades financeiras imprevisíveis resultantes do modelo de “reforma” PEC 06/2018, defendido pelo governo.




 

Diversos deputados (as) e senadores (as), sobretudo integrantes da bancada feminina do Congresso Nacional, prestigiaram o evento e reafirmaram compromisso de barrar qualquer tipo de “reforma” que represente retrocessos sociais e econômicos ao país.
 
A presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Distrito Federal e Entorno – NCST/DF, Vera Leda Ferreira de Morais, representou a NCST entre as centrais sindicais. A líder sindical alertou para os riscos da PEC 06/2019 e convocou trabalhadores e trabalhadoras para seguirem mobilizados em defesa da Previdência Social.




 

“Vimos nessa manhã dizer não à ‘reforma’ da Previdência. Vimos nessa manhã chamar a atenção dos parlamentares desta casa que se o governo Bolsonaro diz que a bola está com os senhores, que observem com zelo cada vírgula dessa proposta de ‘reforma’, que fere de morte o trabalhador e a trabalhadora brasileira. As viúvas, os deficientes, as professoras e os trabalhadores rurais serão demasiadamente prejudicados. Essa é uma proposta que vem para desestruturar a família, em que pese Bolsonaro pregar ser defensor da dela. Trabalhadores, unidos, vamos à uma greve geral. Vamos mostrar que não concordamos com essa ‘reforma’. Não se esqueçam os políticos que nos traírem, 4 anos passam rápido e nós colocaremos cada um no lugar onde devem estar”, concluiu Vera.
 

Assista à participação da representante da NCST:


 

 


Os debates prosseguiram com participação de parlamentares e especialistas em Previdência. Alternativas para o equilíbrio fiscal foram apresentadas, todas na direção de tirar das costas da classe trabalhadora, aposentados e pensionistas; o ônus do contingenciamento de R$ 1 trilhão pretendidos pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.





 
A pesquisa que aponta a impopularidade da chamada “reforma” da Previdência, também foi fartamente mencionada durante o ato.  Parlamentares alertaram para o caráter “plebiscitário” da avaliação. Na oportunidade também foram mencionadas a quase totalidade de derrotas eleitorais por parte de parlamentares - deputados e senadores – que, integrantes da legislatura anterior, sofreram “fragorosas” derrotas nas urnas.




 

O consenso de criar ambiente político para a deflagração de uma eventual greve geral - em caso de avanço da PEC 06/2019 no parlamento brasileiro - toma forma diante das inúmeras representações sindicais, associações de classe e movimentos sociais comprometidas em defender a Previdência Social do país. O alerta, afirmam, tem enorme potencial de se concretizar e tomar proporções inéditas diante da grande reprovação popular ao texto da “reforma”.

 
Assista a íntegra do ato público “Mulheres Unidas em Defesa da Aposentadoria”:


 

 


 


Clique AQUI e acesse a Calculadora da Aposentadoria elaborada pelo Dieese
 
 
Clique AQUI e acesse a plataforma digital que dispara e-mails aos parlamentares em defesa da Previdência 
 




Imprensa NCST com TV Câmara


 
 

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top