NCST participa de audiência pública que debate ‘reforma’ da Previdência com foco na educação

Data de publicação: 19 Mar 2019




A Nova Central Sindical de Trabalhadores - NCST participou, nesta terça-feira (19), de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal, que debateu os impactos, com foco na educação, de uma eventual aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 06/2019), a chamada “reforma” da Previdência. A audiência contou com a participação de parlamentares, educadores, especialistas e lideranças sindicais; entre estes, na plenária, o diretor de Educação e Cultura da NCST e presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Educação e Cultura - CNTEEC, professor Oswaldo Augusto de Barros. 
 
O representante da NCST avaliou como positiva a audiência que apresentou elementos técnicos que visam barrar o que o líder sindical classifica como estelionato em favor de banqueiros e credores da dívida pública.

 
Assista o vídeo:


 
 



Avaliação de impactos econômicos e sociais 



As experiências internacionais com a privatização de sistemas previdenciários - revelam os dados apresentados durante a audiência - resultaram em grave rebaixamento social entre os aposentados em países que implementaram modelos similares ao que se pretende com a PEC 06/2019; com aumento significativo da miséria, desnutrição, doenças e taxas de suicídio na população idosa. Riscos apresentados em estudo compartilhado pela Organização Internacional do Trabalho – OIT (saiba mais).

Os participantes da audiência formaram consenso quanto à conexão da Emenda 95, do “Teto dos Gastos”; com a PEC 06/2019. Para eles a agenda do governo visa retirar investimentos essenciais à proteção social para assegurar sobra de caixa para o pagamento da dívida pública que, desrespeitando preceitos constitucionais, jamais foi auditada.

A rotatividade no mercado de trabalho brasileiro - cerca de 9 meses ao ano -, também foi apresentada como fator agravante para que os trabalhadores possam atingir o período mínimo de contribuição para o recebimento do benefício, excluindo diversas categorias da possibilidade de alcançar a aposentadoria.






O impacto na economia dos municípios, muitos dependentes da renda das aposentadorias para sua viabilidade econômica, também foi debatido. Preocupações relacionadas ao aumento das taxas de desemprego, à redução do poder aquisitivo das famílias e a consequente diminuição das margens de lucro de pequenas e médias empresas; também podem resultar - segundo avaliação dos debatedores - em uma incalculável queda na arrecadação tributária de pequenos e médios municípios, com impactos imprevisíveis para o cumprimento e oferta de serviços essenciais como as áreas de Educação, Saúde e Segurança. 

A desconstitucionalização da Previdência Social, pela possibilidade de alterar regras para aposentadoria por meio de Lei Complementar, também entrou entre os temas que mais preocupam os especialistas. Pela PEC 06/2019, não será mais necessária uma mudança constitucional, com quórum qualificado de 3/5 em duas votações em cada casa legislativa, para redefinição de todos os parâmetros relativos ao Regime Geral (RGPS) e ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), incluindo as idades mínimas, tempos de contribuição e alíquotas de contribuição. Tal alteração, alertam, poderá ser conduzida por meio de maioria simples, gerando enorme fragilidade no atual sistema de aposentadorias e pensões.






Ao final da audiência, os integrantes da mesa conclamaram participação da população, das organizações sindicais e da sociedade civil, nos atos públicos em defesa da Previdência Social programados, em todo o Brasil, para o dia 22 de março.





Imprensa NCST

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top