TO: Presidente da Nova Central quer posicionamento da bancada do Tocantins contra 'reforma'

Data de publicao: 25 Fev 2019


O presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores no Tocantins (NCST-TO), Cleiton Pinheiro, cobra um posicionamento firme dos deputados estaduais e senadores do Tocantins contra a reforma da Previdência proposta pelo governo do presidente Jair Bolsonaro.



Presidente da NCST no Tocantins, Cleiton Pinheiro



A proposta foi entregue semana passada à Câmara dos Deputados e as primeiras informações desagradaram grande parte dos trabalhadores. “Pelo que foi divulgado até agora, a Reforma da Previdência tem como objetivo apenas resolver problemas de caixa do Governo. Os trabalhadores são colocados como responsáveis pelo suposto déficit, mas o governo não apresenta nenhuma medida para cobrar os grandes devedores do sistema”, argumenta Pinheiro.

O presidente da NCST-TO lembra que desde o início das discussões a respeito da Reforma da Previdência, as entidades sindicais ligadas às diversas categorias de trabalhadores têm se manifestado contra a maneira como a reforma está sendo tratada. “A reforma da Previdência precisa garantir aposentadoria digna para quem trabalhou durante toda a vida e que ao final da sua vida produtiva – depois de ter contribuído para o desenvolvimento do País – não pode ser descartado como uma mercadoria inservível”, afirma.


Bancada


Além de cobrar um posicionamento firme da bancada federal do Tocantins contra as reformas, o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores no Tocantins argumenta que os deputados federais e senadores eleitos pelo Tocantins têm a obrigação moral de voltar para suas bases e discutir cada ponto da reforma com a sociedade. “Vou cobrar de cada deputado e senador do Tocantins uma agenda de reuniões para que a sociedade tocantinense, através de suas entidades de classe, tenha voz e que a sua vontade seja respeitada pelos representantes do Tocantins no Congresso Nacional”, defende o presidente.



Clique AQUI e acesse a relação "10 mentiras sobre Previdência Social" elaborada pela Associação Nacional dos Procuradores da República - ANPR





Fonte: Portal de Notícias Cleiton Pinheiro com informações da Ascom da NCST-TO


 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top