NCST e entidades integrantes do FST participam de ato em defesa da Justiça do Trabalho

Data de publicação: 21 Jan 2019



 

Representantes da Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST e das confederações nacionais integrantes do Fórum Sindical dos Trabalhadores – FST, participaram, nesta segunda-feira (21), de Ato em Defesa dos Direitos Sociais e da Justiça do Trabalho. Organizado pela Associação Brasileira dos Advogados Trabalhistas – Abrat, o evento, realizado na sede Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10), teve como objetivo esclarecer e conscientizar a sociedade brasileira sobre a importância da Justiça do Trabalho como instrumento de garantia da justiça social. Magistrados, servidores, advogados, integrantes da sociedade civil, autoridades do Judiciário, do Ministério Público do Trabalho, da advocacia e lideranças sindicais prestigiaram o ato destinado a preservar a indispensável contribuição da Justiça do Trabalho no equilíbrio das relações entre o Estado, o capital e o trabalho.


 

 

Representando a NCST e a Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, o líder sindical, João Domingos Gomes dos Santos, demonstrou preocupação com recentes declarações do governo Bolsonaro em que ameaças à Justiça do Trabalho tornam-se rotineiras, ampliando a vulnerabilidade da classe trabalhadora frente interesses inconfessáveis do capital e do Estado:
 
 
Assista o discurso do líder sindical:
 


 


A presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Distrito Federal - NCST/DF, Vera Leda Ferreira de Morais, também prestigiou o ato. A líder sindical reforçou o imprescindível papel da Justiça do Trabalho para o cumprimento das atribuições sociais do Estado. “A Justiça do Trabalho é o único e último recurso que o trabalhador tem para buscar os seus direitos. O assoberbamento de ações trabalhistas é consequência direta do desrespeito do capital em relação à legislação trabalhista vigente”, alertou.
 
 
Assista o depoimento da presidente da NCST/DF:
 



 

Por ocasião do Ato Público, a Abrat elaborou uma Carta à Sociedade Brasileira com a finalidade de abordar os principais mitos sobre a Justiça do Trabalho, esclarecendo as verdades sobre cada um deles.
 
Diante dos sucessivos ataques ao arcabouço de leis de proteção ao trabalho, o coordenador nacional do FST, professor Oswaldo Augusto de Barros, reforçou em artigo a importância de preservar as instituições que seguem ameaçadas: “Dois organismos estatais permeiam a mediação contra tais abusos, O Ministério do Trabalho e a Justiça do Trabalho. O primeiro, fatiado para dificultar ainda mais o seu funcionamento, estará alheio ou pouco aparelhado para uma operação de choque, quando necessário, afinal, Capital e Trabalho necessitam ações de coesão e não de divisão. O equilíbrio é o sinal convivência pacífica” (saiba mais).

 



 
João Domingos avaliou o ato público promovido pela Abrat como relevante e positivo. Para o líder sindical, as circunstâncias econômicas e políticas exigem do movimento sindical e da sociedade civil organizada ações conjuntas e articuladas pela preservação do Estado Democrático de Direito. “Estamos conclamando para que cada pilar da democracia que for atacada, que seja uma luta do conjunto da sociedade brasileira, não apenas de segmentos dispersos e isolados”, reforçou.
 
 
Assista o depoimento do presidente da CSPB e dirigente sindical da NCST:


 
 
 

As entidades participantes seguem atentas e vigilantes na defesa incansável dos direitos sociais, da dignidade da pessoa humana, do estado Democrático de Direito e permanecem alertas e atuantes contra toda e qualquer tentativa de rompimento com as estruturas constitucionais que representem retrocessos no Mundo do Trabalho. 


 


 
 * Com serviço fotográfico de Júlio Fernandes

 



 
Secom/CSPB e Imprensa NCST
 
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top