CNS: 9ª Reunião do Fórum Nacional Sindical de Saúde discute lista de doenças relacionadas ao trabalho

Data de publicação: 29 Nov 2018




Nos dias 27 e 28/11, em Brasília-DF, a Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST participou dos debates pautados para a 9ª Reunião do Fórum Nacional Sindical de Saúde. Representada pelo Coordenador Adjunto da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalho (CIST), Aníbal Machado, a entidade dá importante colaboração e sugestões estratégicas relacionadas à renovação da lista de doenças relacionadas ao trabalho; bem como para a organização da 16ª Conferência Nacional de Saúde e da 2ª Jornada Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora.






“A análise criteriosa das limitações financeiras frente às crescentes demandas sociais relacionadas à Saúde pública requer alternativas que precisam emergir de amplas discussões com todos os segmentos diretamente envolvidos. As reuniões temáticas do Conselho Nacional de Saúde dialogam com amplos setores da sociedade. Tal estratégia visa equalizar as demandas com as receitas e estrutura disponíveis, sempre com foco de prestar o melhor serviço aos cidadãos. Tarefa cada dia mais desafiadora quando observamos uma persistente tendência de redução per-capita de investimentos em Saúde, com a enfadonha Emenda Constitucional 95 que, se não for revogada, irá colapsar dentro de poucos anos todo sistema público de Saúde do nosso país. Enquanto isso não ocorre seguimos trabalhado incansavelmente para que o caos não se avizinhe”, alerta Aníbal.






Sobre a 2ª Jornada Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora

O Ministério da Saúde por meio da Coordenação-Geral de Saúde do Trabalhador do Departamento de Vigilância em Saúde Ambiental e Saúde do Trabalhador (CGST/DSAST/SVS/MS, realizará a 2ª Jornada Nacional de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora, no período de 04 a 06 de dezembro de 2018, no Carlton Hotel, Setor Hoteleiro Sul Q. 5 Bloco G - Asa Sul, Brasília – DF.

A 2ª Jornada é um espaço participativo e democrático de troca de experiências e discussão sobre temas estratégicos para o fortalecimento da Rede Nacional de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (Renast), estão previstos 300 (trezentos) participantes de diversos ministérios, órgão e entidades:

*         Sistema Único de Saúde (SUS): Gestores da Renast, Coordenadores dos Centros de Referências em Saúde do Trabalhador (Cerest) – estaduais e regionais e Coordenadores Estaduais e Municipais de Saúde do Trabalhador, Secretaria de Vigilância em Saúde (SVS/MS), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Fundação Oswaldo Cruz, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), Conselho Nacional de Saúde (CNS), Conselhos Estaduais de Saúde (CES), Departamento de Gestão da Vigilância em Saúde (DEGEVS/SVS/MS), Departamento de Atenção Básica (DAB/SAS/MS) e demais áreas do Ministério da Saúde.


*         Atores intersetoriais: Ministro do Trabalho (MTb), Fundação Jorge Duprat e Figueiredo (FUNDACENTRO), Secretaria de Previdência Social, Ministério Público do Trabalho (MPT), Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES), Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada Anvisa (IPEA), Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANAMT), Hospital de Câncer de Barretos e Instituto Nacional do Câncer.

*         Universidades: Federais de Minas Gerais (UFMG), Mato Grosso (UFMT), Rio de Janeiro (UFRJ), Bahia (UFBA), São Paulo (USP) e Brasília (UnB), Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), UNICAMP-Campinas, UNESP-Botucatu.

 

Contará ainda com a participação das Centrais Sindicais, do Departamento Intersindical de Estudos e Pesquisas de Saúde e dos Ambientes de Trabalho (DIESAT) e do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos.
A Jornada terá início com o Painel: Os Desafios das Mudanças no Mundo do Trabalho para Saúde do Trabalhador.

Abordará a Saúde do Trabalhador na Atenção Básica; Vigilância e Estratégias de Enfrentamento do Câncer relacionado ao Trabalho; Vigilância em Saúde do Trabalhador do Campo, da Floresta e Águas; Informação em Saúde do Trabalhador como Ferramenta Transformadora; Saúde Mental relacionado ao Trabalho; Informalidade e Microempreendorismo; Indústria 4.0 e Populações Vulneráveis.

Apresentará o processo de revisão da Lista Relacionado ao Trabalhado, do resultado da Câmara Técnica de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora na perspectiva (Re)Estruturação dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) dentro da Renast e organização da 16ª Conferência Nacional De Saúde (8ª+8): Democracia e Saúde”: Saúde como Direito, Consolidação dos Princípios do Sistema Único De Saúde (SUS) e Financiamento do SUS.

Fará o lançamento do Lançamento do Atlas do Câncer Relacionado ao Trabalho.
 

A seguir programação preliminar:
 

Dia - 04/12/2018 (Terça-Feira)

·         08:00 às 09:00 Credenciamento
·         09:00 às 10:00 Mesa de Abertura
·         10:00 às 11:00 Painel de Abertura: Os Desafios das Mudanças no Mundo do Trabalho para Saúde do Trabalhador
·         11:00 às 12:30 A Saúde do Trabalhador e Atenção Básica: Uma Integração Possível
·         12:30 às 13:30 Almoço
·         13:30 às 14:30 Roda de Conversa
·         14: 30 às 15:30 Revisão da Lista de Doenças Relacionadas ao Trabalho
·         15:30 às 17:00 Vigilância e Estratégias de Enfrentamento do Câncer Relacionado ao Trabalho
·         17:00 às 18:00 Lançamento do Atlas do Câncer Relacionado ao Trabalho


 
Dia - 05/12/2018 (Quarta-Feira)

·         09:00 às 10:00 16ª Conferência Nacional De Saúde (8ª+8): Democracia e Saúde”: Saúde como Direito, Consolidação dos Princípios do Sistema Único De Saúde (SUS) e Financiamento do SUS.
·         10:00 às 11:00 Tribuna Livre: Avanços e Desafios na Saúde do Trabalhador
·         11:00 às 12:30: Vigilância em Saúde do Trabalhador do Campo, Floresta e Águas: O Papel da Renast
·         13:30 às 14:30 Roda de Conversa
·         14:30 às 16:00 (Re)Estruturação dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) na Perspectiva da Renast
·         16:00 às 16:15: Intervalo
·         16:15 às 17:30 Populações Vulneráveis e Saúde do Trabalhador


 
Dia - 06/12/2018 (Quinta-Feira)

·         09:00 às 10:30 – Saúde Mental Relacionada ao Trabalho 
·         10:30 às 12:00 Informalidade e Microempreendorismo: Incluir sem Precarizar. Como fica a Saúde do Trabalhador?
·         12:00 às 13:00 Almoço 
·         13:00 às 14:00 Roda de Conversa
·         14:00 às 15:30 Industria 4.0, Novas Tecnologias e Saúde do Trabalhador
·         15:30 às 17:00 Informação em Saúde do Trabalhador como Ferramenta Transformadora.
·         17:00 Encerramento 



 
Sobre a 16ª Conferência Nacional de Saúde
 

Devido a fatores relacionados à produção, organização e adequação de espaços, a Comissão Organizadora da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8) definiu que a nova data de realização do evento será de 4 a 7 de agosto de 2019. O maior evento de participação social do Brasil estima reunir mais de 5 mil pessoas, de todo o país, em Brasília.

O tema principal da 16ª Conferência é “Democracia e Saúde” e os eixos temáticos são: Saúde como direito, Consolidação dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS) e Financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS). Em um contexto de retrocessos das políticas sociais, a realização da conferência se faz ainda mais necessário como uma grande ação em defesa do SUS e da democracia. A proposta temática para o evento é um resgate a memória da 8ª Conferência Nacional de Saúde, realizada em 1986, considerada histórica por ter sido um marco para a democracia participativa e para o SUS.

Por isso, traz a ideia de “8ª + 8 = 16ª”, já que a 8ª Conferência foi o primeiro evento de participação social na saúde, em âmbito nacional, aberto à sociedade. O resultado desse grande encontro da população brasileira em Brasília gerou as bases para a seção “Da Saúde” da Constituição Brasileira em 1988.




Fonte: Conselho Nacional de Saúde - CNS com adaptações da Imprensa NCST
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top