NCST propõe ampliação dos Conselhos Gestores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador

Data de publicação: 21 Set 2018

Representante da NCST defende,também, que os Cerest’s, além da prerrogativa de vigilância, possam prestar assistência aos usuários do sistema.



Aníbal Machado



por Valmir Ribeiro


 
A Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST participa, entres os dias 19 e 21, das discussões em torno de alterações que visem modernizar os Conselhos Gestores dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest´s). Os debates seguem no âmbito da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora – Cistt. Na oportunidade, o coordenador adjunto da Cistt e representante da NCST, Aníbal Machado, defendeu a ampliação dos conselhos gestores em cada região do país - sobretudo nas áreas rurais - e que os Cerest´s, para além da prerrogativa de vigilância, possam prestar assistência, providenciando encaminhamentos dos trabalhadores aos tratamentos adequados à suas respectivas necessidades. 

“O aumento da abrangência e das atribuições dos Cerest´s fazem parte de um esforço necessário frente ao enorme desafio de prestar um serviço digno diante do estrangulamento financeiro resultante das políticas de austeridade fiscal conduzidas pelo governo. A Emenda Constitucional 95 (do Teto dos Gastos) força uma situação desconfortável de contar com um orçamento cada dia mais exíguo frente a demandas cada vez maiores. Não sabemos, na prática, a dimensão exata dos graves problemas que poderão se intensificar ao longo dos anos. No entanto, a inconsequente decisão de congelar investimentos em saúde, educação de demais políticas de amparo social por 20 anos deve ser enfrentada não somente em âmbito político, mas, também, no apontamento de soluções criativas que possam mitigar esses danos frente ao desmonte da estrutura pública de assistência à saúde”, destacou Aníbal.

O representante da NCST denuncia descaso e omissão do poder público no que se refere à assistência de saúde aos trabalhadores brasileiros.
“Nossos trabalhadores e trabalhadores estão praticamente desassistidos. Não há médicos do trabalho e nem estrutura para atender exames que, em muitos casos, levam até um ano para serem realizados. Nos casos relacionados ao atendimento a traumas e acidentes no ambiente laboral, os trabalhadores não sabem como reagir. O médico da empresa não autoriza trabalhar e o INSS não dá auxílio doença. É meu desejo ampliar a participação de representantes da NCST em todos os conselhos de saúde do Brasil e nas Cistt’s. Com a saúde dos trabalhadores não se brinca. Eles precisam estar saudáveis para executar suas atividades profissionais e levar o sustento às suas famílias” concluiu o representante da NCST.

As reuniões, realizadas em Brasília-DF e iniciadas no dia 19, prosseguem ao longo da tarde de hoje (21) com encerramento previsto para as 18h00.
 

CISTT

 
A Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora - Cistt tem como objetivo assessorar o Conselho Nacional de Saúde – CNS no acompanhamento dos temas relativos à saúde do trabalhador. Anualmente, apresenta ao CNS o plano de trabalho e o calendário de reuniões, com base no planejamento do CNS, nas propostas das Conferências Nacionais de Saúde, nas Conferências Nacionais de Saúde do Trabalhador e na Política Nacional de Segurança e Saúde do Trabalhador.

Entende-se por saúde do trabalhador um conjunto de atividades que se destina, através das ações de vigilância epidemiológica e vigilância sanitária, à promoção e proteção da saúde dos trabalhadores, assim como visa à recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho.
 


 
Imprensa NCST
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top