Indústria recua 13,4%, em meio ao caos dos preços da Petrobras

Data de publicação: 28 Jun 2018

Nem a crise financeira mundial conseguiu causar tanto estrago na indústria brasileira quanto o caos gerado pela política de preços da Petrobras. De acordo com estimativa do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas (Ipea), a produção industrial no mês passado teve o pior desempenho de sua história, registrando queda de 13,4% na comparação com abril. O resultado está associado à greve dos caminhoneiros, motivada especialmente pelo alto preço do diesel.




No auge da crise de 2008, houve mês em que a indústria recuou 11,2%. A greve que parou o país por 11 dias no último mês de maio teve impacto bem mais negativo sobre o setor. Se a projeção do Ipea for confirmada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produção industrial estará diante do seu pior momento desde 2002, quando iniciada a série histórica.

Automóveis e alimentos foram os ramos mais afetados, mas a atividade industrial foi atingida de maneira generalizada. As vendas do comércio varejista também sofreram com a greve, com uma previsão de recuo de 1,4% entre abril e maio. 

A greve dos caminhoneiros foi a manifestação mais visível da insatisfação popular com a política de preços da Petrobras, colocada em prática pelo presidente da empresa, Pedro Parente, a partir de julho de 2017. Com essa nova diretriz, os preços de derivados de petróleo comercializados pela estatal passaram a acompanhar diariamente as oscilações internacionais da cotação do óleo cru, o que levou a sucessivos aumentos nos combustíveis no país. 

Após a greve, Parente terminou deixando o comando da Petrobras, mas a política de preços segue em vigor.  





Fonte: Portal Vermelho
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top