Trabalhadores em Transportes empenham-se para criação do Estatuto do Motorista

Data de publicação: 3 Abr 2018





Líderes Sindicais se reúnem na manhã desta terça-feira (3/4), em Brasília, para entregar Substitutivo ao Projeto de Lei do Senado nº271/2008, que institui o Estatuto do Motorista Profissional. O documento contemplará todos os profissionais do setor de Transporte.

Na ocasião, o Grupo de Trabalho que esteve na sede da Nova Central Sindical de Trabalhadores - NCST, para encontro com o presidente da entidade, José Calixto Ramos, juntamente com o seu vice-presidente, Omar José Gomes, também presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes Terrestres - CNTTT, compareceram também no Senado Federal na intenção de apresentar Substitutivo em questão, aos Senadores: Paulo Paim (PT-RS) e  Antônio Carlos Valadares (PSB/SE).

Segundo Paim, é preciso que se crie a possibilidade de resguardar os trabalhadores do setor de transporte: “Atualmente temos Estatuto para tudo. Por que não trabalharmos para termos também um Estatuto que proteja este setor em específico. Assim, passamos a ter um Substitutivo que atenda aos profissionais da área de transporte”, explicou o senador, durante a reunião.


A iniciativa veio da diretoria da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários, do Estado de São Paulo – FTTRESP, filiada à Nova Central. No mês passado a federação formou uma Comissão de Assuntos Institucionais (CAI), para discutir o Estatuto do Motorista, debater e apresentar propostas aos trabalhadores (as), em Projetos de Leis que tramitam no parlamento sobre questões relacionadas ao seguimento.

De acordo com o diretor de assuntos trabalhistas da Nova Central, Luis Antonio Festino, também coordenador Geral da Comissão, o primeiro desafio está sendo apresentar o Substitutivo ao PLS 271/2008 (Estatuto do Motorista), que contemple Artigos das Leis 12.619/2012 e 13.103/2015 e que possam garantir melhores condições de trabalho e saúde e segurança nas estradas e rodovias brasileiras.

Neste primeiro momento, os senadores: Paulo Paim e Antônio Carlos Valadares, tomarão ciência do documento (Substitutivo), que já teria sido apresentado às confederações filiadas à Nova Central. “A intenção da nossa atuação é no sentido de garantir a Aposentadoria de Risco com 25 anos de contribuição; alterar o conceito de Tempo de Espera; manter remuneração justa aos profissionais; exigir a construção dos Pontos de Paradas; melhorar o sistema de controle da Jornada de Trabalho; isentar a categoria do pagamento do Exame Toxicológico, dentre outras providências e demandas da categoria. Tudo isso consta no Substitutivo”, afirmou Festino.
 
Para os Sindicatos Laborais a matéria requer regime de urgência devido a necessidade de se fazer justiça a estes profissionais que transportam as riquezas do Brasil e sofrem com os milhares de problemas ocasionados pelo trânsito das capitais e grandes cidades brasileiras.


 
Participaram do encontro, o diretor de assuntos trabalhistas da Nova Central, Luis Antonio Festino, o secretaria Nacional dos Transportes da NCST, Ualaci Anjos de Souza, o Senador Paulo Paim, a sua assessora parlamentar, Maria Isabel Sales, Tito Lopes, assessor da CNTTT e o representante da Federação de Transporte de São Paulo, Félix de Barros.
 


Imprensa NCST
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top