Nova Central recebe representantes do Banco Nacional do Desenvolvimento

Data de publicao: 27 Fev 2018



 
Representantes do Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDES), visitaram nesta terça-feira (27/02), a sede Nacional da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST). O intuito da visita de cortesia, teria sido a continuidade de parcerias, e maior diálogo entre o Banco e as Centrais Sindicais. Além de reafirmar o compromisso junto ao Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT), no desenvolvimento da economia do país.

O CODEFAT é um órgão colegiado, de caráter tripartite e paritário, em que se faz representado: os trabalhadores, os empregadores e o governo federal. A Nova Central tem representatividade no Conselho em questão, com a participação do diretor de relações Internacionais da entidade, Geraldo Ranthum. “Esta reunião foi muito esclarecedora, pois várias questões que tínhamos dúvidas agora foram pontuadas com clareza”, observou Ranthum.

O BNDES tem uma carteira diversificada de financiamento para pessoas física e jurídica, além de defender política voltada para as pequenas e médias empresas. ``Viemos para ouvir esta central sindical e reiterar o nosso compromisso na intenção de contribuir e cooperar em conjunto com a Nova Central``, enfatizou Luiz Carlos Galvão, Gerente do Departamento de Captação e Relacionamento Institucional.

O presidente da Nova Central, José Calixto Ramos, também participou da reunião pontuando algumas questões. ``Não conheço com detalhes sobre o trabalho desenvolvido pelo BNDES. Apenas que trabalha no desenvolvimento da economia do país. No entanto, percebo agora, que existem muitas outras operações desenvolvidas pelo banco ``, disse Calixto.

Além de Luiz Carlos, Leonardo Botelho Ferreira, Chefe de Departamento nas Áreas Financeira e Internacional do BNDES, fez também as suas intervenções e explicações. ``As operações do Banco são muito estudadas, e quando o BNDES trabalha em parceria com o governo federal, reforça ainda mais a qualidade dos seus serviços. Já no atendimento estratégico, os bancos entram nos projetos estruturantes de uma hora para outra, mapeando todos os setores que não consigam acessar o crédito, definindo assim as prioridades para o BNDES``.

Percebo que no Brasil não tem uma grande rede de hotéis, como é no exterior. Falta ainda investimento para este setor em específico, questionou Moacyr Roberto, secretário-geral da Nova Central e presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Turismo e Hospitalidade (CONTRATUH).


Imprensa NCST
 
 
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top