SP: Tarefas 2018 conta com presença de mais de 25 entidades para definir estratégias de luta!

Data de publicação: 2 Fev 2018

Na manhã do dia 01 de fevereiro, mais de 25 entidades se reuniram na sede da Nova Central – SP para discutir, em Plenária, as diretrizes e calendário das lutas no ano de 2018.




Na oportunidade o presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado de São Paulo - NCST/SP, Luiz Gonçalves "Luizinho", falou sobre os duros golpes que o Movimento Sindical sofreu no ano de 2017, principalmente, com a "reforma" Trabalhista. “A reforma Trabalhista foi o mais duro golpe do governo aplicado à classe trabalhadora. Os primeiros impactos dessa lei nefasta são sentidos no movimento sindical, sobretudo, com a ilegal extinção da Contribuição Sindical Compulsária, todavia este não é o nosso fim. O que o governo nos impôs foi a possibilidade de renovar nossos mecanismos de arrecadação, nossas ferramentas e a forma como fazemos luta no Brasil.”

Na ocasião, Luizinho também informou que, acerca da "reforma" Trabalhista, as 5 confederações ligadas à Nova Central entraram com ADI (Ação Direta de Inconstitucionalidade) para discutir irregularidades na criação e aplicação da lei, especialmente na parte que altera a matéria de Direito Sindical.





Orientações da Plenária


O Presidente Luizinho e o Diretor de Comunicação, Nailton Francisco "Porreta", orientaram todas as entidades filiadas à Nova Central a seguir as diretrizes do Fórum das Centrais Sindicais e manter plano permanente de luta, visitar os deputados federais do seu distrito e dissuadir contra a votação da "reforma" da Previdência. As lideranças sindicais alertam que é preciso pedir, também, que estes parlamentares votem a favor da MP 808/2017 que trata de alterações na chamada "reforma" Trabalhista, entre elas, uma alternativa para arrecadação de verbas para os sindicatos e demais entidades.

As centrais sindicais convocam todos para integrarem o Dia Nacional de Organização e Luta, programado para o dia 19 de fevereiro. Ocasião em que todas as centrais e seus respectivos sindicatos organizarão greves, paralisações, assembleias, trancaços, atos e demais manifestações contra a "reforma" da Previdência.


Encaminhamentos:


– As celebrações e atos do Dia Internacional da Mulher serão realizados em conjunto com a CNTI Regional SUDESTE, dirigida pelo companheiro Natal. Mais informações do evento serão encaminhadas pelas companheiras responsáveis.

– O 1º de Maio da Nova Central/ SP terá forma de festival, com torneios de futebol. O evento será realizado no CMTC Club. Ficaram responsáveis pela organização dos times os companheiros: Ualace (SINDBEB), Márcio (SINPOLSAN), Sérgio (SINDESPORTE), Eduardo (PAPEL E PAPELÃO DE GRU).





Fonte: ​Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado de São Paulo - NCST/SP


 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top