​Deputados querem Revogar Lei 12.619 que Regulamentou Profissão de Motorista

Data de publicação: 23 Nov 2017

Representantes da Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST), Força Sindical e Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes (CNTTT), reuniram-se com o presidente da Comissão do Trabalho da Câmara dos Deputados Orlando Silva (PCdoB/SP) e expuseram suas preocupações em relação ao relatório do Projeto de Lei (PL 4860/2016), proposto pela deputada Cristiane Yared (PR/PR).

A proposta visa instituir normas para Regulação do Transporte Rodoviário de Cargas, só que segundo os sindicalistas, deputados empresários e apoiados por patrões do Agronegócio, integram a Comissão Especial constituída para debater o tema, ensaiam sigilosamente, alterar a Lei 13.103/2015 e revogar a 12.619/2012 que regulamentou a Profissão de Motorista no Brasil.

De acordo com Luis Antônio Festino, consultor político da CNTTT e Diretor Nacional de Assuntos Trabalhistas da NCST, se prevalecer os desejos dos empresários e os objetivos dos parlamentares contrários aos direitos trabalhistas, os motoristas profissionais ficarão completamente desprotegidos em seus direitos e livres para serem superexplorados.

“Não bastassem as crueldades inseridas na Lei 13.467/2017 que alterou o sistema de relações de trabalho e fez 117 mudanças na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), o PL 4860 enterrará de vez os avanços obtidos ao longo de anos de luta por melhores condições de trabalho, segurança nas rodovias e vida digna para os trabalhadores (as) rodoviários de cargas, passageiros e setor diferenciado”, relatou Festino.

O deputado Orlando e Ênio José Verri (PT/PR), membros da Comissão Especial do Transporte Rodoviário de Cargas, apontaram alguns obstáculos enfrentados por eles, devido a falta de diálogo e espaço para discutir sugestões no texto elaborado pelo relator da matéria, o deputado Nelson Marquezelli (PTB/SP), conhecido por suas posições autoritárias e de fiel defensor de seus próprios interesses e do seguimento empresarial do setor de transportes.

“Mesmo com todas as dificuldades regimental que poderemos enfrentar nos comprometemos a procurar o Marquezelli e apresentar as reivindicações e sugestões de vocês. Sugiro que procurem o deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP) e Carlos Zarattini (PT/SP) para nos ajudar no trabalho de convencimento aos outros integrantes da Comissão", recomendaram os deputados.

Jô Moraes, deputada (PCdoB/MG) autora da Lei 12.619 propôs recriar a Frente Parlamentar em Defesa dos Trabalhadores em Transportes Terrestre. “No passado obtivemos resultados importantíssimos com a atuação da Frente. Podemo repetir a experiência e dar maior visibilidade à pauta desta que é uma categoria essencial para o desenvolvimento da Nação”, afirmou.
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top