PR: Campanha Salarial - Sindicato dos trabalhadores assina Acordo Coletivo com as cooperativas

Data de publicao: 9 Out 2017

Presidente Mauri Viana, acompanhado do sindicalista Sandro Barion, do advogado da Fenatracoop Maurílio Viana assinando os Acordos Coletivos de Trabalho na presença dos representantes das cooperativas: C.Vale e Copagril.


Na manhã da última sexta-feira (6/10), o presidente da Federação Nacional dos Trabalhadores Celetistas nas Cooperativas no Brasil – Fenatracoop e presidente dos Sindicatos de Trabalhadores em Cooperativas: Sintrascoopa e Sintracoop, Mauri Viana Pereira, recebeu na sede do escritório da Fenatracoop na cidade de Londrina-PR, os representantes das cooperativas: C.Vale de Palotina e Copagril de Marechal Cândido Rondon. Na oportunidade foi assinado o Acordo Coletivo de Trabalho com as cooperativas.
 
Depois de uma campanha salarial que durou quase 4 mês, o sindicato dos trabalhadores conseguiu chegar no índice de 5% de reajuste salarial e 5% no Vale Alimentação, o que totalizou 10% de conquista. Como é de costume, os sindicatos realizaram assembléias itinerantes, onde foram levadas urnas nos departamentos das cooperativas para que os trabalhadores pudessem votar em três opções: aprovar a proposta patronal, dissídio coletivo de trabalho e indicativo de greve.
 
Na cooperativa Copagril 1.947 trabalhadores votaram, sendo que 1.256, 64,5% votaram pela aprovação do reajuste e 302 trabalhadores, 15,5% votaram na greve. Somando o índice de quem votou na greve 15,5%, no dissídio coletivo 5,4%, em branco 11,7% e aqueles que anularam o seu voto 2,9%, teremos o índice de 35,5% dos trabalhadores da cooperativa Copagril que não aprovaram o reajuste. Já na cooperativa C.Vale 4.438 trabalhadores votaram, destes 3.337, 75,2% votaram pela aprovação, 577, 13,0% votaram na greve. Somando o índice de quem votou na greve 13,0%, no dissídio coletivo 5,3%, em branco 5,5% e nulo 1,1%, teremos o índice de 24,9% dos trabalhadores da C.Vale que não ficaram satisfeitos com o reajuste.
 
Durante a assinatura dos Acordos Coletivos, os representantes das cooperativas revelaram que entre 18 a 20 de outubro, será pago aos trabalhadores os valores do reajuste retroativo ao mês de junho, quando venceu a data base da categoria. “Encontramos muitas dificuldades neste ano, as cooperativas, através do sindicato patronal, enrolaram ao máximo as negociações. Entendemos que a atual situação do Brasil não ajudou em nada, mas assim mesmo conseguimos fechar um bom acordo coletivo. Enquanto outras categorias de trabalhadores, conseguiram 2,35%, 3,35% e 4% de reajuste, o sindicato Sintrascoopa fecha com as cooperativas: C.Vale e Copagril 5% de reajuste e mais 5% no Vale Alimentação. Ano que vem temos outras negociação, esperamos que as cooperativas tenham um pouco mais de bom censo e resolvam valorizar ainda  mais seus trabalhadores”, afirma Mauri Viana Pereira.





Fonte:  Sindicato dos Trabalhadores em Cooperativas Agrícolas, Agropecuários e Agroindustriais de Palotina e região e Sul Matogrossense - Sintrascoopa
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top