PLC 38/2017 muda mais de 100 artigos da CLT que prejudica os trabalhadores

Data de publicao: 11 Maio 2017

Deste que foi aprovado pelos deputados o projeto de Reforma Trabalhista, presidente da Nova Central, José Calixto Ramos repudiou a forma e o conteúdo do texto. Uma síntese dos principais artigos inseridos e suprimidos da CLT indicam prejuízos para os trabalhadores (as) e enfraquecimento das entidades sindicais laborais, frente o processo de negociação coletiva.

Em 23 de dezembro de 2016 foi apresentado na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei n. 6787, de autoria do Poder Executivo, que altera a Consolidação das Leis do Trabalho – CLT e a Lei n. 6.019/74, para dispor sobre eleições de representantes dos trabalhadores no local de trabalho e sobre o trabalho temporário, e dá outras providências.

Dia 26 de abril de 2017 foi aprovado na Câmara dos Deputados o texto-base, na forma da Subemenda Substitutiva Global, ao PL nº 6787/2016, por 296 a 177. O Projeto já chegou ao Senado Federal como PLC n. 38/2017 e será apreciado pelas Comissões de Assunto Econômico (CAE), de Assuntos Sociais (CAS) e pelo Plenário.

Confira as principais mudanças que prejudica o trabalhador (a): Clique aqui
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias postadas em nosso portal. Cadastre-se e confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top