Mobilização contra a Reforma da Previdência aumenta no setor de transportes

Data de publicação: 9 Mar 2017

O presidente Estadual da Nova Central – SP, Luiz Gonçalves (Luizinho) discursou na assembleia de lançamento da Campanha Salarial - 2017 do Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transporte Rodoviário Urbano de São Paulo (Sindmotoristas – SP), realizada na tarde de quinta-feira (9/2), em que a categoria decidiu protestar no dia 15 de março contra as Reformas da Previdência e Trabalhista.

Luizinho esclareceu que a data foi estipulada pelas centrais sindicais e movimentos sociais como dia de protesto contra as reformas, apresentadas pelo presidente Michel Temer (PMDB). “A participação destes trabalhadores (as) engrossará mais ainda o nível de insatisfação da classe trabalhadora e da população em geral com os desmandos deste governo e seus aliados no Congresso Nacional, que de forma antidemocrática quer impor prejuízos ao povo brasileiro”.

Valdevan de Jesus Santos (o Noventa), presidente do sindicato reiterou, em sua fala, a crise sem precedentes que o País atravessa, na qual os brasileiros (as), principalmente, os da camada mais pobres são duramente penalizados. Ressaltou que as reformas em curso é um “massacre” contra a classe trabalhadora.

“Sabemos de nossa responsabilidade e importância no movimento sindical. Nossa categoria tem história de ser o carro chefe nas lutas de maior turbulência para garantir os direitos imediatos e históricos de nossa classe. No próximo dia 15 de Março da zero hora até às 8 da manhã o transporte público da cidade de São Paulo estará 100% parado!”, garantiu Noventa, que foi muito aplaudido pelos trabalhadores (as).

Em seguida pôs em aprovação a pauta de reivindicações; os nomes dos membros da Comissão de Negociação; e a participação na manifestação que por unanimidade foi prontamente aprovado.
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias postadas em nosso portal. Cadastre-se e confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top