Sim a renegociação da dívida dos estados com Auditoria da Dívida Pública!

Data de publicação: 11 Ago 2016


Os problemas gerados com o não pagamento ou parcelamento do salário dos trabalhadores (as) do serviço público á nível geral, nos faz posicionarmos, enfaticamente, na defesa desta negociação relativa à dívida dos estados. A Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) com seu protagonismo histórico jamais deixará de contribuir para o fortalecimento e recuperação do potencial de desenvolvimento das cidades e do país e, nesse aspecto, essa renegociação da dívida é necessária e urgente.
 
Porém, não pode deixar que ficasse apenas nisto e defender junto às Câmaras Legislativas e a todos os gestores, que se faça a “Auditoria da Dívida Pública” para apresentar a sociedade onde foi aplicado todo dinheiro contraído com as instituições financeiras.
 
A CSPB luta incansavelmente contra este PLP 257, desde o dia 22/03/2016, data que foi elaborado pelo conselho de secretários estaduais da Fazenda e encaminhado ao Congresso Nacional pela presidente afastada Dilma Rousseff (PT) e recebida pelo presidente interino Michel Temer (PMDB), que também defende enfaticamente esta proposta.
 
Nesta discussão, a instituição vem demarcando as contradições do projeto - que rasga a Constituição Federal de 1988 ao impor limites aos estados, quebrando a regra de independência dos entes federados. Felizmente a garra e a disposição de luta dos servidores públicos, em especial a base da CSPB que com denúncias e pressão conseguiu mudar este caráter no projeto, mas ainda é insuficiente.
 
Precisamos avançar nas mobilizações para que consigamos revogar o artigo 4°, que engessa a ampliação do serviço público à sociedade com impedimento da valorização dos servidores públicos e, por consequência, interfere diretamente nos serviços prestados à população.
 
Esse engessamento inviabiliza a aplicabilidade de políticas públicas que ajudam no desenvolvimento e fortalecimento dos estados, principalmente em um momento de recessão econômica em que o investimento público em um serviço público de qualidade é de grande relevância para a economia do país.
 
É preciso focar na pressão contra este projeto que não tem o aval dos servidores públicos. Precisamos, ainda, construir a resistência juntamente com a população; denunciando o desmonte do estado que está implícito neste projeto.
 
CSPB - Construindo a Unidade dos Trabalhadores do Serviço Público do Brasil e em defesa do Serviço Público Brasileiro. SECOM/CSPB 
 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top