Lançamento do Programa Nacional de Educação Sindical da Nova Central

Data de publicação: 30 Jun 2016

Uma proposta avançada que visa melhor qualificar os quadros de dirigentes e assessores da Nova Central, por meio do Programa Nacional de Educação Sindical da NCST. Com o objetivo de assegurar uma educação sindical permanente que não se limite apenas a eventos de formação, mas que seja também um processo contínuo para viabilizar conhecimentos, informações e interações necessárias ao nosso trabalho, unificando a NCST nos seus compromissos e nas suas responsabilidades.

Foi nesse sentido de ampliar a visão sobre os movimentos sindicais da classe trabalhadora, e permitir aos dirigentes sindicais compreenderem a realidade em que atuam e os desafios que enfrentam, sempre em defesa dos princípios do sistema confederativo, que o presidente da Nova Central, José Calixto Ramos lançou nesta quarta-feira (29/6), o Programa Nacional de Educação Sindical da Nova Central, no Centro de Treinamento do Industriário (CETRI) da Federação dos Trabalhadores na Indústria de Goiás, Tocantins e Distrito Federal (FTIEG-TO-DF). “Este programa, sem dúvida nenhuma, é um grande salto que a Nova Central dará, com a intenção de qualificar e preparar os seus dirigentes e assessores sindicais, ajudando com conhecimento de qualidade. E assim eles possam cumprir suas missões pelo Brasil afora”, lembrou Calixto.

O presidente da (FTIEG-TO-DF), Luiz Lopes de Lima compareceu também no lançamento e fez a abertura do encontro. Agradeceu a presença de todos e se demonstrou bastante honrado de poder contribuir com a realização deste grande projeto implantado pela Nova Central. “O importante é que vamos tirar daqui resultados promissores de unificar os nossos pensamentos, refletindo sobre tudo aquilo que é crucial para os nossos trabalhadores. Além disso, estamos vivendo em um contexto social que exige de nós, dirigentes sindicais, que sejamos ativos em construir mudanças no cenário apresentado, levando para os quatro cantos desse país, a contribuição com os melhores resultados possíveis”.

A coordenadora de Projetos do Centro Avançado de Estudos na Gestão Pública e Privada (CEAESP), Cláudia Carnevalle fez a apresentação do Programa Nacional de Educação Sindical, por meio de uma dinâmica que envolveu os participantes no processo sistêmico da proposta, juntamente com o coordenador de Gestão Administrativa do CEAESP, Leandro Mazano, que exemplificou todas as etapas de implementação do programa, como forma de capacitar os dirigentes em nível nacional, atendendo todas as Estaduais da Nova Central, com multiplicadores formados neste programa, que de certa forma atuarão em suas bases na expansão deste conhecimento. “Digo com toda alegria sobre o meu desejo de participar deste ato, onde temos o compromisso de massificar este trabalho iniciado hoje. Lembro ainda que contamos com a participação de aproximadamente 97 companheiros neste lançamento, representando 20 estados com as centrais estaduais, atingindo com isso nossos objetivos de instalar um programa sindical que não se limitará apenas ao estado de Goiás, se ampliando para todos os outros estados. Ajudando com estratégias de melhor representarmos nossos trabalhadores por todo Brasil”, disse José Calixto.

Por se tratar de um momento histórico para Nova Central, Sebastião Soares, Diretor de Formação Sindical da NCST, falou um pouco sobre o sentimento de esperança que carrega, pela construção de um país mais justo, uma sociedade mais igualitária em que a educação seja parte preponderante nesse processo. “Esse ato se traduz em uma plataforma, que poderá contribuir com a formação de um país mais justo, fraterno, solidário para uma sociedade melhor, que terá como instrumento principal dessa transformação, a educação de qualidade”, explicou.

O presidente da Nova Central de Goiás, Roosvelt Dagoberto, também deu boas vindas aos participantes e falou de sua satisfação em poder participar do Programa de Educação Sindical, que inicia seus trabalhos em seu estado. “Estou satisfeito de receber todos vocês aqui nesses dois dias, agradecendo ao Sr. Calixto por ter escolhido o nosso estado para iniciar essa atividade de fortalecimento do movimento sindical, que qualifica a unidade das bases, viabilizando soluções para o cenário atual vivenciado por todos nós”, agradeceu o presidente da NCST/GO.

Durante todo o evento, o mestre de cerimônias, Nailton Francisco Souza, Secretário de Comunicação da NCST, conduziu os debates e intervenções, considerando o lançamento como um presente definido no III Congresso da Nova Central, que esta se tornando uma realidade neste ano de 2016.

Desfeita a mesa de abertura, Lineu Mazano, presidente do CEAESP, também diretor da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil, reforçou ser o Programa de Formação Sindical, um avanço para o momento político atual, em que a unidade de ação se faz necessária. “Deveremos ajudar os dirigentes sindicais a serem protagonistas nesse processo, assumindo um desafio que chame atenção de todos e ajude a Nova Central a avançar na sua representatividade”, encerrou.

No final do 1º Encontro do Programa Nacional de Educação Sindical da Nova Central, Dra. Zilmara Alencar, advoga e ex-secretária da Secretaria de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho e Emprego, fez um apanhado sobre a Flexibilização e Retirada de Direitos Sindicais. Falou também do Projeto de Lei que tramita atualmente na Câmara dos Deputados sobre a Contribuição Sindical, levantando questionamentos e fazendo sua análise jurídica sobre o cenário político atual. “Todo mundo tem o direito de receber o que há de melhor no mundo, por isso precisamos sempre buscar melhorias que venham contribuir de forma segura, para o bom desempenho de nossos sindicalistas”.

O presidente da Nova Central, Calixto, aproveitou para esclarecer um pouco mais sobre o andamento do Projeto da Contribuição Sindical. “Precisamos esclarecer que se trata de um Projeto que não é o ideal para nós, pois não teremos grandes avanços. No entanto, continuaremos lutando para que o melhor prevaleça”, explicou.

O Diretor de Assuntos Jurídicos, Francisco Calasans, finalizou o primeiro dia de Educação Sindical, falando sobre suas expectativas a respeito do curso. “Esse Programa será extremamente proveitoso para a nossa prática sindical, pela qualidade da exposição no lançamento do ato”, encerrou.
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top