A grande maioria das atividades poderão ser realizadas no próprio lar

Data de publicação: 13 Abr 2016

Veja como podemos melhorar o nosso ambiente de trabalho de cada dia. O ambiente de trabalho não pode ser forjado, não pode ser um instrumento que busque unicamente a produtividade. Ele deve contribuir para o equilíbrio da balança em vez de ser usado para desequilibrá-la.
 
Os problemas, dentro ou fora da empresa, devem ser encarados. Não podemos fazer da empresa o refúgio para evitar os problemas domésticos e vice-versa. Existem sempre vários caminhos que levam a um objetivo visado; é preciso, pois, escolher entre eles. A ciência pode esclarecer o mundo, mas deixa os corações na obscuridade; cabe ao coração procurar a luz que lhe é própria.
 
O termômetro que marca o grau de evolução de um indivíduo, de uma família ou mesmo de toda uma sociedade é a habilidade para viver e conviver em um clima de paz e harmonia com seus semelhantes.
 
A paz grupal, antes de qualquer coisa, é uma conseqüência natural do crescimento e das conquistas interiores de cada indivíduo que compõe o grupo social. A nossa paz depende da paz das pessoas que nos rodeiam. Se estivermos em conflito conosco mesmos, vamos encontrar dificuldades na comunhão da paz com os nossos semelhantes.
 
No futuro próximo, através de redes de informação, o homem será liberado da presença física obrigatória de alguns locais, como fábrica, na empresa, na escola, universidade, cinema e até mesmo na própria cidade. A grande maioria das atividades poderá ser realizada no próprio lar, como trabalho, educação e lazer, através de sofisticadas redes de informação interativa.
 
O lar tende a ser a nova unidade produtora da sociedade da informação. E este lar poderá estar em qualquer lugar do globo terrestre, trabalhando para qualquer outra organização em qualquer país.
 
No futuro, o conflito de idéias será considerado extremamente benéfico. O conflito é sempre construtivo, quando fica no campo das idéias, só transbordando para o plano prático quando, à luz da sabedoria, e com a necessária criatividade já conseguimos gerar novos consensos entre os indivíduos.
 
Entretanto, é preciso ter sabedoria para entender que tanto o conflito quanto o consenso são transitórios. Uma vez mudada as circunstâncias, é preciso criar novos consensos diferentes dos anteriores. A vida exige um eterno pulsar entre o conflito e o consenso. Porque ambos são transitórios e circunstanciais.
 
As empresas e sociedades que tiverem uma lucidez intelectual mais aguçada para elaborarem planos estratégicos em longo prazo, dentro de um novo contexto, levarão sensíveis e consideráveis vantagens, quando se cristalizar a nova ordem nacional e internacional emergente.
 
Por outro lado, muitas outras empresas e sociedades serão atropeladas de forma brutal e impiedosa pela crescente avalanche de mudanças que não forem compreendidas, coordenadas ou planejadas com a devida antecedência pelos seus executivos e políticos.

Nailton Francisco de Souza
Diretor Nacional de Comunicação da Nova Central

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top