Rompimento da Barragem em Mariana: Um Acidente de Trabalho que Virou Tragédia

Data de publicação: 8 Dez 2015

Na opinião do diretor Nacional da Nova Central, José Reginaldo Inácio, o rompimento da barragem em Mariana – MG poderia ser evitado se a ganância patronal e a omissão das autoridades, não tivessem prevalecido.

 “Se ouvissem os alertas emitidos pelo movimento sindical mineiro o acidente não teria ocorrido. Aliás, não foi um acidente do ponto de vista normal. Foi um acidente de trabalho de dimensão continuada”, afirmou.

Em sua opinião, o que de fato aconteceu foi uma “Tragédia Anunciada”, por haver um risco “assumido” pelas empresas controladas pela Samarco Mineradora. Ele lamenta, que a discussão do Marco Regulatório da Mineração seja discutida na Câmara dos Deputados sem a participação de todos os interessados no tema, principalmente, os trabalhadores (as) e a população.

Assista na íntegra a entrevista com Reginaldo, que afirma se as providências fossem tomadas, a fatalidade que vitimou pessoas; o meio ambiente e chocou a sociedade, poderia ser evitada. 
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias postadas em nosso portal. Cadastre-se e confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top