Rompimento da Barragem em Mariana: Um Acidente de Trabalho que Virou Tragédia

Data de publicação: 8 Dez 2015

Na opinião do diretor Nacional da Nova Central, José Reginaldo Inácio, o rompimento da barragem em Mariana – MG poderia ser evitado se a ganância patronal e a omissão das autoridades, não tivessem prevalecido.

 “Se ouvissem os alertas emitidos pelo movimento sindical mineiro o acidente não teria ocorrido. Aliás, não foi um acidente do ponto de vista normal. Foi um acidente de trabalho de dimensão continuada”, afirmou.

Em sua opinião, o que de fato aconteceu foi uma “Tragédia Anunciada”, por haver um risco “assumido” pelas empresas controladas pela Samarco Mineradora. Ele lamenta, que a discussão do Marco Regulatório da Mineração seja discutida na Câmara dos Deputados sem a participação de todos os interessados no tema, principalmente, os trabalhadores (as) e a população.

Assista na íntegra a entrevista com Reginaldo, que afirma se as providências fossem tomadas, a fatalidade que vitimou pessoas; o meio ambiente e chocou a sociedade, poderia ser evitada. 
 

A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top