Apoio aos trabalhadores em transporte rodoviário de combustível

Data de publicação: 13 Mar 2012

A Nova Central Sindical de Trabalhadores no Estado de São Paulo, cujo histórico de lutas é marcado por bandeiras como Unicidade, Desenvolvimento e Justiça Social, ratifica seu apoio in conteste aos companheiros motoristas do transporte rodoviário de combustíveis, que vem desde o início do mês (05/03) sendo vítimas contumazes da mentira e da inoperância governamental.

 

Os horários estabelecidos pela prefeitura municipal de São Paulo para o rodízio de veículos pesados - vale destacar, de segunda a sexta-feira, das 5h às 9h e das 17h às 22h, e aos sábados, das 10h às 14h -, estão prejudicando absurdamente o trabalho de milhares de companheiros que não podem mais cumprir seus itinerários no tempo determinado.

 

Com as faixas de horários, todavia limitadas, espremidas, os motoristas são obrigados a buscar rotas alternativas, que configuram-se em longos deslocamentos (em alguns casos de até 100 km) para fazer suas entregas.

 

Na verdade, esta política errônea de privilégio aos veículos leves, que são mais de 4 milhões nas ruas de São Paulo, e incidem negativamente no trânsito como já atestou estudos do IPEA e Fundação Getúlio Vargas, só mostra a falta de planejamento dos órgãos competentes por soluções viáveis em prol da mobilidade urbana.

 

Os efeitos desta miopia, em curto espaço de tempo, vão provocar efeitos colaterais nos bolsos já invariavelmente lesados dos cidadãos paulistanos, que, por causa da elevação dos custos com logística, pagarão valores maiores por litro do combustível comprado nos postos.

 

A manifestação, portanto, ao contrário do que blasfemam os detratores de plantão, deseja levar ao justo conhecimento da sociedade paulistana, que os trabalhadores da categoria estão sendo cerceados do seu legítimo direito ao trabalho por força de uma ação que fere "o princípio de igualdade".

 

A Nova Central São Paulo, no âmago de sua atuação sindical, exige respeito e observância plena às reivindicações dos companheiros, e ainda, cobra da Justiça investigação justa dos fatos supracitados.

 

Luiz Gonçalves

Presidente da Nova Central Sindical de Trabalhadores no Estado de São Paulo (NCST-SP)

 

 


A Construção de uma NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES – NCST foi forjada na unidade, coragem e ousadia, capaz de propor uma alternativa de luta para os trabalhadores e trabalhadoras do Brasil. A NOVA CENTRAL SINDICAL DE TRABALHADORES marca um momento importante na história do Movimento Sindical Brasileiro, ela é a esperança transformada em realidade que se constitui como instrumento de luta e de unidade da classe trabalhadora do nosso País.

NEWSLETTER
RECEBA NOTÍCIAS POR EMAIL

Receba diariamente todas as notícias publicadas em nosso portal. Após cadastro, confirme sua inscrição clicando no link que chegará em sua caixa de entrada. Confira essa novidade!

SAF-Sul Quadra 02 Bloco D Térreo - Sala 102 - Ed. Via Esplanada - CEP: 70070-600 - Brasília-DF | Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

Back to Top