MURAL
Data de publicação: 21 Ago 2012
Plenária da NCST/Paraná constrói plataforma para eleições


Terminou na manhã desta terça-feira (21) a Plenária Estadual da NCST/Paraná 2012. O encontro reuniu cerca de 1000 sindicalistas de todo o estado na cidade de Foz do Iguaçu para tirar as resoluções políticas da central para o próximo ano.

Neste ano, em paralelo à Plenária, ocorreram outros dois eventos: o I Encontro de Mulheres da NCST/Paraná e o I Encontro de Servidores Públicos da NCST/Paraná.

Os três encontros encaminharam políticas concretas, respectivamente a "Carta de Foz", o "Plano de Ação do Coletivo de Mulheres da NCST/Paraná" e o "Plano de Ação dos Servidores Públicos da NCST/Paraná".

O presidente da NCST Nacional, José Calixto Ramos, classificou a iniciativa paranaense de "inovadora" e é uma prova de que a central no Paraná está estabilizada a ponto de dar suporte a novas intervenções além daquelas que a fundaram.

Emocionado, o presidente da NCST/Paraná, Denílson Pestana da Costa, lembrou que a Plenária marca o início de seu último à frente da central no atual mandato. "É verdade que encontrei há três anos atrás uma entidade já estruturada, com cerca de 60 sindicatos na base, mas é com orgulho que podemos dizer que até o início desta plenária já eramos em 101 filiados!", orgulha-se Pestana.

"Fico feliz de ver que a Nova Central representa de todas as categorias de maneira ampla", foi o destaque apontado pelo diretor Social da Federação dos Empregados em Turismo e Hospitalidade do Estado do Paraná (Fethepar). Já o representante da Federação dos Trabalhadores em Tranportes Rodoviários do Estado do Paraná (Fetropar), Josiel Tadeu Teles, relembrou que a NCST surgiu como a consolidação de um projeto que há tempos os rodoviários e os sindicados do sudoeste do estado possuíam para a classe trabalhadora, um espaço verdadeiramente democrático e que não depende dos partidos políticos.

O presidente da Federação dos Trabalhadores no Mobiliário e na Construção Civil (Fetraconspar), Geraldo Ramthun, destaca que o setor da construção e do mobiliário aposta na NCST desde sua fundação e hoje pode afirmar que continua no rumo certo. "Uma das coisas que nós temos é que não temos teóricos que nos indicam o caminho e sim grandes dirigentes sindicais e construímos nós mesmos a nossa história.

Filiações e novos diretores

O time da Nova Central saiu renovado de Foz do Iguaçu. Oito sindicatos oficializaram suas filiações, dentre eles o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de União da Vitória, o Sindicato dos Servidores Públicos de União da Vitória, o Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Londrina (Sinddom) e o Sindicato dos Servidores Públicos de Clevelândia.

Calixto Ramos saudou com alegria os novos associados e orgulhou-se: "hoje cedo comentei que tínhamos 1002 entidades na base, e saio daqui com 1010, o que é uma diferença muito significativa."

Duas novas diretorias foram criadas. A presidente do Sinddom, Lídia José Delfino, irá assumir a Secretaria de Empregadas Domésticas, e a Secretaria de Motofretistas e Mototaxistas terá Mauro Afonso Garcia como titular e Luís Ademir Schneider como adjunto.

Fonte: NCST/PR

IMPRIMIR VOLTAR


SAF-Sul Quadra 02 Bloco "D" Térreo - Sala 102 / Ed. Via Esplanada  CEP: 70070-600 - Brasília-DF

Telefone: (61) 3226-4000 / Fax: (61) 3226-4004

  Copyright 2005-2012 NCST - Nova Central Sindical de Trabalhadores
Desenvolvimento: MVMWeb.com